Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

João Campos anuncia candidatura à presidência da Câmara com aval do PRB


postado em 22/11/2018 18:43

O deputado federal João Campos (PRB-GO) confirmou que será candidato a presidência da Câmara na próxima legislatura, com aval de seu partido, um dos que formou o bloco do Centrão. A candidatura dele enfraquece o arco de alianças do atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que deseja disputar o cargo de novo e com apoio do Centrão.

Integrante da bancada evangélica, João Campos tem a simpatia do presidente eleito Jair Bolsonaro. O parlamentar citou que pretende trabalhar aliado a Bolsonaro na nota em que se apresentou como candidato oficial do PRB, divulgada na noite de ontem. O PRB é comandado por bispos da Igreja Universal do Reino de Deus.

"Entro na disputa à presidência da Câmara, para juntamente com o nosso presidente Jair Bolsonaro e todos os demais amigos de bancada que lutam por um Brasil melhor, possamos juntos, transformar positivamente a vida de toda a população que tanto necessita de uma política honesta e voltada aos menos favorecidos", escreveu o deputado, que é advogado e pastor da Assembleia de Deus Vila Nova.

O líder do PRB, deputado Celso Russomanno (SP), foi sondado para compor a equipe de governo, e declinou do desejo de disputar a presidência da Câmara.

A aliados de Maia e outros deputados que desejam disputar a eleição interna da Câmara, o futuro governo tem dito que optará pela neutralidade e que não vai interferir no Legislativo, não sendo hostil a nenhum candidato.

"Ele (Bolsonaro) disse que está traçando para o PSL não ter candidato e que não tem resistência com o nome de ninguém", disse o deputado Fabio Ramalho (MDB-MG), vice-presidente da Câmara e pré-candidato avulso, depois de se reunir ontem com Bolsonaro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade