Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Evo Morales cumprimenta Bolsonaro e diz esperar cooperação bilateral e regional


postado em 30/10/2018 20:11

O presidente da Bolívia, Evo Morales, saudou a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) em comentários feitos no Twitter no início da noite desta terça-feira, 30. Sem citar diretamente o Mercosul, Evo também disse, em sua mensagem, esperar retomar a agenda de integração com o Brasil.

"À margem de diferenças ideológicas, devemos nos interessar na América do Sul", escreveu o presidente boliviano. "Em primeiro, está o trabalho conjunto de um programa de caráter bilateral e também de toda a região."

Os comentários do presidente da Bolívia acontecem após Paulo Guedes, apontado como ministro da Fazenda do presidente eleito, dizer que Mercosul não será prioridade no próximo governo. Segundo o economista, o Brasil "ficou prisioneiro de alianças ideológicas" e isso é ruim para a economia.

Atualmente, a Bolívia é um dos sete Estados associados ao bloco comercial, mas aguarda seu Parlamento ratificar a participação do país como membro pleno.

"Estamos frente a uma grande tarefa de integrar a América Latina e o Caribe. Esperamos retomar nossa agenda com o Brasil e iniciar a coordenação. A integração não é somente terrestre, mas também comercial. É nossa obrigação estar a serviço do povo", escreveu Evo em um segundo tuíte, sem citar diretamente o Mercosul.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade