Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Urnas deram recado por honestidade e probidade, dizem delegados da PF


postado em 28/10/2018 21:19

Após a vitória do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, Edvandir Paiva, afirmou neste domingo, 28, que "as urnas deram um recado eloquente". Com 99,72% das urnas apuradas, o deputado recebeu 55,18% dos votos. Seu rival, Fernando Haddad (PT), 44,82%.

"As urnas deram um recado eloquente: a honestidade e probidade no trato da coisa pública ainda são valores importantes para a sociedade brasileira. O combate à corrupção feito pela PF e pelas instituições de Estado foi fundamental para que esses sentimentos fossem reafirmados", afirmou o delegado.

Edvandir sugere a Bolsonaro que "faça um excelente governo, fortaleça as instituições e consiga corresponder à enorme expectativa que os brasileiros depositaram nele hoje".

"Poucas vezes o sucesso de um novo governo foi tão importante para o futuro do Brasil."

Após a vitória, Bolsonaro comprometeu-se a respeitar a Constituição e assegurou que seu governo respeitará as liberdades individuais. Ao encampar um discurso de unidade, Bolsonaro também se comprometeu a enxugar o Estado brasileiro, eliminar o déficit público e recuperar a imagem do País no exterior.

"Meu governo será defensor da Constituição, da democracia e da liberdade", afirmou Bolsonaro. "Este é um País de todos nós, brasileiros natos e de outras nações."

O presidente eleito também fez um chamamento aos agentes políticos que queiram aderir ao governo. "Neste projeto que construímos, cabem todos aqueles que tenham o mesmo objetivo que nós."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade