Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Apuração/MG: Com 74% das seções apuradas, Zema está matematicamente eleito


postado em 28/10/2018 18:59

No segundo turno das eleições para governador de Minas Gerais, o candidato do Novo, Romeu Zema, venceu matematicamente a disputa com 71,28% dos votos, com 74% das seções apuradas. Antonio Anastasia, do PSDB, tinha 28,60% dos votos.

Com o resultado, Minas Gerais passa a ser o primeiro Estado do País a ser governador pelo Novo, legenda criada em 2011.

Romeu Zema assume o governo para um mandato de quatro anos. Antes de ser eleito, ele foi filiado durante 18 anos ao PR. O próximo governador de Minas Gerais é fundador de uma rede de lojas de eletrodomésticos com lojas em parte do Estado.

A eleição em Minas Gerais foi marcada pela tentativa do candidato Anastasia, que já governou o estado por duas vezes, de se mostrar um técnico conhecedor da gestão pública.

Já o candidato Zema buscou, sobretudo na reta final de campanha, mostrar a relação entre o adversário e o senador Aécio Neves (PSDB), padrinho político de Anastasia.

Minas Gerais é o segundo estado do país em número de eleitores, atrás apenas de São Paulo, com economia fortemente dependente do setor de extração, principalmente minério de ferro. O Estado tem o terceiro maior Produto Interno Bruto do Brasil. À frente estão São Paulo e Rio de Janeiro.

Zema tem 53 anos e é empresário, nascido em Araxá, no Triângulo Mineiro. Tem dois filhos e é formado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo, com complementação em Harvard. Em 1991, iniciou a expansão de sua rede de lojas, que conta hoje com 430 unidades em Minas e outros Estados. Foi eleito se posicionando como novidade na política, apesar de ter sido filiado ao Partido da República (PR) durante 18 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade