Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Randolfe Rodrigues (Rede-AP) vai à seção eleitoral com livro e vota em Haddad


postado em 28/10/2018 13:55

Com o livro "Como as democracias morrem", de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt, o senador reeleito Randolfe Rodrigues (Rede-AP) chegou para votar na escola Coaracy Nunes.

Para o governo do Amapá, Randolfe declarou neutralidade. Para a presidência do Brasil, declarou voto em Fernando Haddad (PT) dizendo que por ser cristão, aprendeu com Cristo torturado a repudiar a tortura e a não confiar em quem professa a violência.

"Sou historiador, sei os males que a ditadura traz para os povos. Sou professor de Direito, meu ofício me leva a votar no candidato que se submeterá à Constituição", disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade