Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Em Pernambuco, dois eleitores são presos e 40 urnas, substituídas


postado em 28/10/2018 11:29

Dois eleitores, que não tiveram a identidade revelada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), foram presos no agreste de Pernambuco na manhã deste domingo, 28. Uma mulher na cidade de Bonito foi detida por tentar fotografar a urna na hora do voto e um homem, em Gravatá, por declara que a urna era falsa e menospreza os servidores e mesários, o que configura perturbação da ordem.

Ambos foram detidos e levados para delegacias onde serão lavrados termos circunstanciados de ocorrência. "Um juiz está verificando uma denúncia no Recife de que um eleitor está dizendo que as urnas têm bluetooth e o sistema estaria ligado, isso é fake news e também pode ser enquadrado por perturbação da ordem", disse o assessor chefe da corregedoria do TRE-PE, Orson Lemos.

Até as 11h, o TRE-PE registrou 91 ocorrências com urnas, desse total 40 precisaram ser substituídas. Igarassu, na região metropolitana do Recife, foi o município mais afetado com cinco trocas dos equipamentos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade