Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Jungmann pede à PF para investigar ameaça a jornalista

Patrícia Campos Mello, da Folha de São Paulo, sofreu ameaças porque publicou reportagem sobre suposto esquema de uso do WhatsApp para divulgar mensagens contra candidato do PT Fernando Haddad


postado em 26/10/2018 08:17 / atualizado em 26/10/2018 10:40

(foto: Cesar Itibere /PR Brasilia DF)
(foto: Cesar Itibere /PR Brasilia DF)

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, enviou nesta quinta-feira, 25, memorando ao diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, em que solicita a abertura de uma investigação para apurar a autoria de ameaças sofridas por uma jornalista da Folha de S.Paulo e contra diretor do Instituto Datafolha.

Na terça-feira, dia 23, o jornal apresentou representação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pedindo a apuração das ameaças sofridas pela repórter Patrícia Campos Mello, após a publicação de reportagem sobre suposto esquema para o disparo em massa de mensagens contra o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, por meio do aplicativo WhatsApp. Essas mensagens, ainda segundo a reportagem, seriam bancadas por empresas privadas que apoiam Jair Bolsonaro (PSL).

O jornal levantou a possibilidade de a ação ter sido orquestrada para constranger a atuação da empresa. O pedido também cita supostas ameaças a Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha.

'Ilícitos'

No memorando enviado a Galloro, Jungmann determina que "sejam adotadas as providências necessárias à apuração dos fatos e à identificação de autoria, circunstâncias e motivações com eles envolvidas".

Para o ministro, se confirmada as informações sobre as ameaças, "pode-se estar diante da configuração de ilícitos penais, e de direta ofensa a inviolabilidade de correspondência, ao sigilo das comunicações, à prestação de informações e à liberdade de imprensa". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade