Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Em PE, Câmara tem 51% dos votos válidos


postado em 07/10/2018 09:50

Pesquisa Ibope/Jornal do Commercio/TV Globo divulgada ontem aponta a possibilidade, dentro da margem de erro, de reeleição no primeiro turno do governador Paulo Câmara (PSB), com 51% dos votos válidos - ou seja, excluindo do cálculo os votos brancos, nulos e os que não sabem.

O principal concorrente de Câmara, senador Armando Monteiro (PTB), tem 37%. Os demais candidatos têm menos de 5% dos votos válidos.

Na contagem geral, Câmara registra 41% das intenções de voto, uma oscilação positiva de dois pontos porcentuais em relação ao levantamento publicado na terça-feira. Monteiro cresceu três pontos porcentuais no período e marca 30%. Os demais candidatos têm menos de 3%. Brancos e nulos somam 13% e os que ainda não sabem em quem vão votar chega a 6%.

Na simulação de segundo turno entre Câmara e Monteiro, o governador oscilou positivamente um ponto e aparece com 44%, enquanto que o senador cresceu quatro pontos porcentuais e alcançou 38%. Brancos e nulos chegam a 14% e os que não sabem são 3%.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores em todo o Estado entre os dias 4 e 6 deste mês. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais e para menos e o nível de confiabilidade é de 95%.

Câmara continua sendo o candidato com maior índice de rejeição entre os postulantes ao Palácio do Campo das Princesas, com 34%. Monteiro também estacionou e segue com 30%.

Senado

O deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB), com 37%, está empatado tecnicamente com Humberto Costa (PT), que tem 36%, na disputa ao Senado. Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB) têm, respectivamente, 27% e 16%, e Silvio Costa (Avante) 13%. Os demais candidatos têm menos de 5%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) com o protocolo 01373/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 06946/2018. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade