Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Ibope: Paulo Câmara com 51% dos votos válidos pode vencer no 1º turno em PE


postado em 06/10/2018 20:31

A última pesquisa Ibope/Jornal do Commercio/TV Globo antes do primeiro turno das eleições 2018, divulgada neste sábado (6), aponta a possibilidade de reeleição no primeiro turno do governador Paulo Câmara (PSB), com 51% dos votos válidos - quando são excluídos do cálculo os votos brancos, nulos e os que não sabem. O principal concorrente de Câmara, o senador Armando Monteiro (PTB), tem 37%. Os demais candidatos têm menos de 5% dos votos válidos.

Na contagem geral, Câmara registra 41% das intenções de voto, uma oscilação positiva de 2 pontos porcentuais em relação ao levantamento publicado na terça-feira, 2. Monteiro cresceu 3 pontos porcentuais em relação a última pesquisa e no momento marca 30%. Em seguida vem Dani Portela (PSOL) e Julio Lossio (Rede) empatados com 3%. Maurício Rands (PROS) alcançou 2% e Simone Fontana (PSTU) e Ana Patricia Alves (PCO), que retirou a candidatura esta semana, ambas com 1%. Brancos e nulos somam 13% e os que ainda não sabem em quem vão votar chega a 6%.

Na simulação de segundo turno entre Câmara e Monteiro, o governador oscilou positivamente 1 ponto e aparece com 44%, enquanto o senador cresceu 4 pontos porcentuais e alcançou 38%. Brancos e nulos chegam a 14% e os que não sabem são 3%.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores em todo o Estado entre quinta (4) e hoje (6). A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais e para menos e o nível de confiabilidade é de 95%.

Paulo Câmara continua sendo o candidato com maior índice de rejeição entre os postulantes ao Palácio do Campo das Princesas. De acordo com o Ibope, o pessebista manteve os 34% de rejeição registrados na última pesquisa. Monteiro também estacionou e continua com 30%.

Dani Portela e Lossio oscilaram dentro da margem de erro e chegaram a 23% e 21%, respectivamente. Rands, Simone e Ana Patricia aumentaram o índice de rejeição, ele em 4 pontos porcentuais e elas têm 3 pontos porcentuais. O trio agora têm 21%. Do total de entrevistados, 4% disseram que poderiam votar em todos os candidatos e 13% não sabem ou não responderam.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade