Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

'Por vergonha', não divulgam mais pesquisa eleitoral, afirma Haddad no ABC

Ibope e Datafolha anunciaram adiamento de divulgação de pesquisa


postado em 05/09/2018 08:54 / atualizado em 05/09/2018 10:05

Haddad, Manuela d'Ávila e Eduardo Suplicy em corpo a corpo nesta quarta-feira (foto: Reprodução/Facebook)
Haddad, Manuela d'Ávila e Eduardo Suplicy em corpo a corpo nesta quarta-feira (foto: Reprodução/Facebook)

Em discurso para metalúrgicos na portaria da Ford, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) afirmou que institutos de pesquisa suspenderam a divulgação de sondagens eleitorais por "vergonha" do processo que barrou a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Justiça Eleitoral.

"Agora nem estão divulgando mais pesquisa de vergonha pelo que eles fizeram", disse Haddad nesta quarta-feira, 5, em carro de som em frente à montadora. O ex-prefeito é candidato a vice e possível substituto de Lula na corrida à Presidência.

Nesta terça-feira, 4, o Ibope anunciou que não divulgaria pesquisa que foi a campo após registrar um questionário apresentando Lula como candidato em um cenário e Haddad em outro e indo a campo apenas com o cenário em que o ex-prefeito é o nome do PT na disputa. O Datafolha também anunciou que cancelou pesquisa que seria divulgada nesta semana.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade