Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

No Paraná, Ratinho Junior (PSD) terá empresário como vice


postado em 05/08/2018 17:55

O deputado estadual Ratinho Junior (PSD) confirmou o nome de Darci Piana (PSD), ex-presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná e coordenador do G7 - grupo empresarial do Estado - como candidato a vice-governador na chapa concorrente ao governo do Paraná. O anúncio foi feito neste domingo, 5, prazo legal para definição das candidaturas.

A disputa pela vaga também tinha outro nome do empresariado local, Edson Campagnolo (PRB), que acabou preterido depois de ter seu nome envolvido em suposta investigação sobre sua gestão à frente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep-PR). Também corriam por fora o ex-Secretário de Agricultura do Paraná, Norberto Ortigara (PSD), e Marcel Micheleto (PR), ex-presidente da Associação de Municípios do Paraná (AMP).

Piana se filiou ao PSD no ano passado e coordena um dos braços do plano de governo de Ratinho, liderado pelo ex-ministro Reinhold Stephanes. O empresário é formado em Economia e Contabilidade. É membro da Academia Paranaense de Letras desde novembro de 2012.

Senado

Ratinho também confirmou aliança com o Podemos, com a candidatura de Professor Oriovisto ao Senado. Ele deve fazer palanque para o candidato à Presidência Álvaro Dias, do partido.

Neste sábado, 4, durante convenção da sigla, Dias havia afirmado que não faria alianças no Paraná depois que seu irmão, Osmar Dias (PDT), desistiu de concorrer ao governo.

A falta de apoio do irmão, que durante a pré-campanha não se posicionou a favor de nenhum candidato no Paraná, foi apontada como o principal motivo da desistência da candidatura Osmar. Na pré-campanha, setores do Podemos no Estado já haviam declarado apoio a Ratinho, mas, formalmente, o partido ainda não havia formalizado a aliança.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade