Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

PSOL aposta em chapa 100% feminina em Pernambuco


postado em 04/08/2018 20:53

Com o objetivo de ser uma terceira via na disputa eleitoral de Pernambuco, o PSOL lançou sua chapa 100% feminina para as eleições 2018, neste sábado, 4, durante convenção do partido no centro do Recife. A professora e advogada Danielle Portela, estreante na política partidária, encabeça o bloco como candidata à governadora, ao lado de Albanise Pires e Eugênia Lima postulantes ao Senado. A chapa é composta por Gerlane Simões na vaga de vice pelo PCB.

"Marília (Arraes) vem no fluxo de esperança, de mudança apesar de ser de uma família oligárquica. Era uma candidatura que fortalecia a minha candidatura por sermos duas mulheres em um Estado patriarcal e machista. Temos agora o desafio de ser alternativa a esses partidos que defendem as pautas que trouxeram tanto retrocesso para o povo", afirmou Danielle.

A candidata, que desde abril vem construindo o seu programa de governo, criticou as chapas de Armando Monteiro Neto (PTB) e do governador Paulo Câmara (PSB), que segundo ela se preocuparam em lotear os palanques ao invés de discutir propostas de políticas públicas para a população. "Nossa chapa chega como a mais madura nessa fase de todo o processo. Vamos intensificar a escuta e apresentar, em breve, um programa de governo que dialogue com a sociedade", disse.

No Estado, o PSOL tem um deputado estadual e um vereador na câmara do Recife. O PCB não tem nenhum partidário com mandato.

Danielle justificou a falta de mais partidos em sua coligação alegando que o PSOL preza pela "coerência". De acordo com a candidata, a pluralidade está presente no palanque por meio das candidaturas proporcionais da legenda.

"No plano nacional temos Guilherme Boulos do Movimento dos sem Teto e a nossa co-presidente, Sônia Guajajara, trazem os excluídos, indígenas e os quilombolas para dentro dessas candidaturas. Aqui também onde temos o apoio dos movimentos sociais, que nos ajudará a ocupar politicamente a capitania hereditária de Pernambuco", declarou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade