Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Comerciantes atuam em convenção do PT


postado em 04/08/2018 20:14

Em meio à convenção do PT, que oficializou neste sábado, 04, a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Planalto, comerciantes aproveitaram o evento para vender camisetas, quadros com caricaturas do petista e empresas buscavam atrair candidatos.

Em bancas montadas na Casa de Portugal, na Liberdade, onde o evento foi realizado, eram vendidas camisetas a 15 reais. Na estampa, a foto do petista e a frase "Tô com Lula". Em uma área ao lado, eram oferecidos ao público quadros de parede com a caricatura de Lula e frases de apoio ao ex-presidente por 40 e 30 reais, a depender do tamanho.

Em uma mesa de panfletos, os candidatos do PT podiam ter informações sobre um curso de arrecadação eleitoral na internet, já que estão proibidas doações de empresas este ano. "Aprenda passo a passo a arrecar on-line", dizia o folheto.

Outro folheto era direcionado a divulgar anúncios em um jornal de distribuição gratuita. Para anunciar em oito edições, o candidato contratava anúncios de 20 a 32 mil reais. Os jornais "serão distribuídos gratuitamente todas as semanas (aos sábados) em média 50 mil exemplares nos restaurantes, hotéis, órgãos públicos, entre outros locais", dizia a propaganda.

Antes da cerimônia, candidatos e assessores vindos de diferentes Estados pediam a caciques do PT para gravarem vídeos de apoio a serem veiculados na internet e no horário eleitoral.

O encontro oficializou Lula como candidato e delegou à Executiva Nacional outras decisões, como a definição de um vice. A escolha deve ser feita até este domingo, 05.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade