Publicidade

Estado de Minas

Líder do PSDB na Câmara lamenta morte de Hélio Bicudo


postado em 31/07/2018 16:24

Brasília, 31 - O líder do PSDB na Câmara, deputado Nilson Leitão (MT), divulgou uma nota de pesar na tarde desta terça-feira, 31, em que presta solidariedade aos parentes do jurista Hélio Bicudo, que morreu na manhã desta terça-feira, aos 96 anos. Ele relembrou a trajetória política do advogado e disse que, apesar de ser um dos fundadores do PT, foi leal aos princípios que defendia ao integrar o grupo que assinou o pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

"Político e ativista dos direitos humanos, foi um dos fundadores do PT e, a despeito disso, também foi um dos autores do pedido de impeachment de Dilma Rousseff. Essa foi mais uma demonstração da sua retidão e lealdade aos princípios que defendia e que percebeu, naquele momento, que estavam sendo desrespeitados, prejudicando o País. Por isso, resolveu dar início a um dos mais importantes acontecimentos da política recente", diz a nota.

(Mariana Haubert)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade