Publicidade

Estado de Minas

Conselho de Ética da Câmara deve instaurar amanhã processo contra Nelson Meurer


postado em 18/06/2018 15:48

Brasília, 18 - O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados deve instaurar nesta terça-feira, 19, processo contra o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR), primeiro parlamentar em exercício condenado no âmbito da Operação Lava Jato. A informação foi dada ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, pelo presidente do colegiado, deputado Elmar Nascimento (DEM-BA). As representações contra Meurer partiram das siglas Rede e PSOL.

Após instauração do processo, serão sorteados três deputados da comissão, dos quais um será escolhido pelo presidente do conselho para ser o relator do caso. Se o órgão aprovar um parecer que recomende a cassação de Nelson Meurer, a decisão final caberá ao plenário da Câmara dos Deputados.

De acordo com Nascimento, a grande quantidade de processos no colegiado vem dificultando a celeridade do trâmite do processo contra Meurer. "O problema é que o Conselho de Ética tem vários processos ao mesmo tempo. O caso de Meurer é o sétimo da lista".

Meurer foi condenado na Operação Lava Jato, em maio deste ano, a 13 anos de prisão em regime fechado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O parlamentar é acusado de ter recebido propina de R$ 29 milhões no esquema de corrupção da Petrobras. Apesar da condenação, Meurer segue em liberdade porque ainda aguarda o julgamento dos embargos de declaração na terceira instância.

(Paulo Oliveira, especial para AE)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade