Publicidade

Estado de Minas

Coluna do Baptista Chagas de Almeida


postado em 15/06/2018 12:00 / atualizado em 15/06/2018 09:53



A psicomotricidade da Copa na Rússia


Várias técnicas podem ser usadas, o que inclui brincadeiras e jogos. Se é assim, melhor nem brincar e registar que o relator Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA) acatou emendas de Alex Manente (PPS-SP) e Jandira Feghali (PCdoB-RJ). Ainda sem brincar, trata-se do projeto de lei que dispõe sobre a regulamentação da atividade profissional de psicomotricista e autoriza a criação dos conselhos Federal e regionais de Psicomotricidade.

O detalhe é que o projeto foi apresentado pelo deputado Leonardo Picciani (MDB-RJ) em 2003, em seu primeiro mandato. O que interessa é que levou “apenas” 15 anos para ser aprovado. Quer mais? A matéria será enviada ao Senado. Com campanha no meio do caminho, melhor esperar para ver quanto tempo vai levar.

Para entender melhor do que se trata, registro do site oficial da Associação Brasileira de Psicomotricidade explica, ou tenta no caso dos leigos, que “a psicomotricidade se baseia em concepção unificada da pessoa, que inclui as interações cognitivas, sensoriomotoras e psíquicas na compreensão das capacidades de ser e de expressar-se, a partir do movimento, em um contexto psicossocial”.

Bastou? Tem mais: “Ela se constitui por um conjunto de conhecimentos psicológicos, fisiológicos, antropológicos e relacionais que permitem, utilizando o corpo como mediador, abordar o ato motor humano com o intento de favorecer a integração deste sujeito consigo e com o mundo dos objetos e outros sujeitos”.

Deve ter sido por isso que demorou tanto. Os nobres deputados, pelo jeito, não conseguiam entender diante do ato motor humano. Afinal, que eu saiba, não tem mecânico representando a classe na Câmara para explicar o “motor humano”. E nem me darei ao trabalho de perguntar aos comunistas (Rubens e Jandira) e ao ex-comunista, hoje PPS (Manente).

Se tem comunismo no meio do caminho, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez o seu comercial: “Nós queremos cumprimentar toda a comunidade da Copa do Mundo, este acontecimento tão grande que acontece pela primeira vez na Rússia”.

Já que é assim, um histórico é necessário. Desde que a União Soviética se dissolveu, lá em 1991, Vladimir Putin é o líder que está há mais tempo no poder. São 18 anos ininterruptos de governo. Se juntarmos os cargos de presidente e de primeiro-ministro e dar tempo ao tempo para ele concluir o mandato, que vai até 2024, Putin terá ficado no poder como o segundo líder que mais comandou o Kremlin, só perdendo para o sanguinário ditador Josef Stalin.

Queijo de Minas
Estava bravo nesta semana na Assembleia Legislativa (ALMG) o deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB). Ele explica: “O primeiro parque será na região das cidades de Rio Preto, Lima Duarte, Santa Bárbara e Olaria e vai ocupar quatro mil hectares. O segundo, de dois mil hectares, atingirá São Roque de Minas, Tapira, Medeiros e Sacramento, onde são produzidos os melhores queijos do mundo. Ganharam prêmio de primeiro lugar na França”. O motivo: o governo quer criar lá dois parques estaduais. “A medida prejudicará muito cerca de 400 pequenos produtores rurais”, avisou.

No Triângulo
Se tudo no Triângulo Mineiro tem três alternativas – Beraba, Berlândia e... Araguari – não poderia dar em outra coisa. O ex-prefeito de Uberaba Marcos Montes (PSD) já foi anunciado como candidato a vice-governador de Antonio Anastasia (PSDB). Bastou para o deputado federal Rodrigo Pacheco (DEM-MG) propor que Ana Paula Junqueira seja candidata a vice-governadora em sua chapa. Para deixar mais claro, ela é mulher do prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão (PP), que foi reeleito em 2016 com 72,05% dos votos válidos.

Sem privilégios
Quem lança candidatura a deputado federal pelo partido Novo, dia 23 agora, será o empreendedor Tiago Mitraud. O local escolhido faz sentido. Será no The One Business Center. Afinal, Mitraud de negócios entende bem, foi presidente da Fundação Estudar, ONG fundada por Jorge Paulo Lemann, o bilionário que tem fortuna estimada em US$ 25,1 bilhões (dados de maio deste ano). Os temas da palestra de Mitraud serão: tornar o governo mais eficiente, cortar privilégios políticos, incentivar o empreendedorismo e o investimento em educação básica.

Sem palanque
Quem estará, segunda-feira agora, em audiência pública na Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa (ALMG) é o senador Antonio Anastasia (PSDB). O detalhe é que ele vai como senador, não como pré-candidato a governador. E ainda teve, no meio do caminho, a medida provisória desta semana que criou o Sistema Único de Segurança Pública (Susp), que teve como relator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado o próprio Anastasia. Daí o fato de ele comparecer como parlamentar.

Aconteceu
Primeiro rejeitaram. Depois caíram fora. Parece brincadeira de mau gosto, mas aconteceu terça-feira, na Câmara dos Deputados. E olha que se tratava do Projeto de Lei Complementar (PLP) 441/17, que torna obrigatório o cadastro positivo de consumidores. Depois da rejeição da retirada de pauta pela oposição, o quórum caiu no plenário. Por isso, não foi votado. Que coisa, hein? Bem, resta saber o vai acontecer semana que vem. Cadastro positivo dos deputados, sei não...

PINGAFOGO

Em tempo: com Copa do Mundo na Rússia no meio do caminho, nem me dei ao trabalho de perguntar aos comunistas (Rubens e Jandira) e ao ex-comunista, hoje PPS, Alex Manente sobre tanta demora dos conselhos de psicomotricistas.

Mais um: é claro que o evento de Tiago Mitraud, como não poderia deixar de ser, terá a presença dos pré-candidatos do Partido Novo ao governo do estado, Romeu Zema, e ao Senado, Rodrigo Paiva.

Lesão no tendão calcâneo e nem teve a mitologia do calcanhar de Aquiles, herói da Grécia. Foi na perna direita que o presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, se machucou.

Com a vitória do Galo, no último minuto dos acréscimos e de virada no jogo contra o Ceará, Sette Câmara tinha que comemorar mesmo. Ele chegou a achar que tinha levado apenas um chute, mas foi muito pior.

Se o Centro de Saúde Vila Imperial terá visita técnica de vereadores de BH para averiguar denúncias relativas ao mau estado de conservação do Posto Madre Gertrudes, só rezando mesmo para um imperador dar um jeito nas coisas por lá.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade