Publicidade

Estado de Minas

Meirelles defende aumento da participação do setor privado na Petrobras e BB


postado em 06/06/2018 12:36

Brasília, 06 - Pré-candidato à Presidência da República pelo MDB, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles defendeu nesta quarta-feira, 6, em sabatina promovida pelo jornal

Correio Braziliense

, aumento do capital privado na Petrobras e no Banco do Brasil, empresas de capital misto. Ele afirmou, inclusive, que a perda de controle da União dessas companhias é algo que pode "evoluir com o tempo", desde que seja assegurada uma administração profissional.

"Acredito que poderia se evoluir a participação privada, não privatizar no sentido clássico. Muitos fazem essa proposta, é bonito, mas é perigoso. Monopólio privado não, mercado privado competitivo", declarou o emedebista.

Segundo Meirelles, esse aumento de capital pode se dar com aumento da participação do setor privado nas ações, criando, em troca, mecanismos mais fortes de governança. "Seria uma pulverização", declarou.

No caso da Caixa Econômica Federal, que hoje é um banco 100% público, o presidenciável pelo MDB defendeu abrir o capital. "A Caixa está sendo preparada para isso. Podemos, sim, pensar em abril o capital da Caixa", afirmou.

Meirelles ponderou, contudo, que não será solução de curto prazo vender bancos públicos como o Banco do Brasil para outro grande banco privado nacional.

(Igor Gadelha)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade