Publicidade

Estado de Minas

Inovação política surge na AL e Brasil, mas ainda enfrenta desafios, diz estudo


postado em 06/06/2018 09:48

São Paulo, 06 - No ano em que nove eleições serão realizadas na América Latina (AL), iniciativas de inovação e renovação da política emergem na região, inclusive no Brasil, mas ainda enfrentam desafios que esbarram na falta de incentivo e mobilização popular. É o que mostra um estudo feito pelo Instituto Update que entrevistou 250 lideranças políticas em 11 países.

No Brasil, a pesquisa destaca que o País enfrenta a maior crise política dos últimos 30 anos e incorpora "o senso de urgência" para transformação.

Segundo o levantamento, a apatia da população em relação à política tradicional fez com que diversos grupos, chamados de "tecedores", começassem a propor a construção de uma "inovação política", pautada pela transparência, exercício coletivo da liderança, organizações autônomas e combate à negação da política, além da diversidade e equidade de gênero.

O estudo destacou 33 iniciativas no Brasil como a Frente Favela Brasil, criada para lançar negros e moradores de favela na política, e o aplicativo Fogo Cruzado, plataforma que mapeia tiroteios no Rio de Janeiro. "Para além da sociedade civil, emergem grupos diversos que buscam a renovação dos quadros políticos do país - são protagonistas oriundos de movimentos sociais, organizações sem fins lucrativos e setor privado", destaca o levantamento.

Os desafios para inovação política, destaca o instituto, passam por falta de sustentabilidade financeira para as iniciativas, a falta de apoio e participação da população e o risco de violência que ativistas enfrentam.

A vereadora carioca Marielle Franco (PSOL), morta a tiros em março, foi uma das entrevistadas no levantamento. O estudo vai ser lançado nesta quarta-feira, 6, em evento na capital paulista.

(Daniel Weterman)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade