Publicidade

Estado de Minas

Bretas: trabalho da Justiça não deve ser exercido com rancor ou paixão política


postado em 05/06/2018 13:24

São Paulo, 05 - Depois de trocar afagos com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante depoimento nesta terça-feira, 5, o juiz federal Marcelo Bretas afirmou por meio de sua conta no Twitter que o trabalho da Justiça não deve ser exercido com "rancores ou paixões políticas".

Em resposta a uma publicação que informava as declarações de Bretas a Lula, agradecendo a postura do petista no depoimento e dizendo que ele era "uma figura importante no País", o juiz escreveu na rede social que a audiência foi "tranquila e respeitosa por todos os participantes".

"O trabalho do Poder Judiciário não deve ser exercido com rancores ou paixões políticas", diz o texto de Bretas.

(Daniel Weterman)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade