Publicidade

Estado de Minas

Em nota, Aloysio Nunes lamenta morte de Alberto Dines


postado em 22/05/2018 16:36

Brasília, 22 - A morte do jornalista Alberto Dines é lamentada em nota divulgada pelo Itamaraty. "Recebi com grande consternação a notícia do falecimento do jornalista Alberto Dines", diz o texto, assinado pelo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira. "Prócer da liberdade de expressão no Brasil, inclusive durante a longa noite do regime de exceção, Dines foi e seguirá sendo uma referência para todos que lutam pelas causas da democracia e de uma imprensa livre e de qualidade."

Na nota, Aloysio credita a Dines a sugestão para apresentar uma emenda à Constituição que permitiu a pessoas jurídicas participar do capital social de empresas jornalísticas. O ministro afirma ainda que o Observatório da Imprensa, fundado e conduzido por Dines, é uma "referência obrigatória" e fonte de informação para os que acompanham a política brasileira. "Com sua visão crítica e autônoma, ajudou a aprimorar o trabalho fundamental que realiza a imprensa numa sociedade democrática e pluralista."

O ministro expressa condolências aos familiares e amigos de Dines, "cuja obra e exemplo de vida continuarão inspirando as atuais e futuras gerações na construção de um País mais próspero e justo, em que o jornalismo independente continuará sendo uma peça indispensável."

(Lu Aiko Otta)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade