Publicidade

Estado de Minas

Comissão da Câmara cobra investigações sobre ação da polícia em Curitiba


postado em 08/04/2018 20:06

São Paulo, 08 - A Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados recebeu denúncia sobre os atos de violência ocorridos após a chegada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Polícia Federal (PF) em Curitiba, na noite de sábado, 7, e formalizou pedidos de investigação a autoridades estaduais e federais.

Segundo nota veiculada no site do PT, o presidente da CDHM, deputado federal Paulo Santos (PT-SE), conhecido como Paulão, está a caminho de Curitiba para iniciar as diligências.

"A Polícia Federal lançou bombas de cima do edifício e a Polícia Militar usou balas de borracha contra os manifestantes pró-Lula", afirma a nota. Rojões disparados pelos opositores contra o helicóptero que transportava o ex-presidente até a superintendência da PF também estão entre as queixas presentes na denúncia.

Na avaliação da comissão, os atos podem ser considerados ameaça ou violação de direitos humanos, de acordo com o Regimento Interno da Câmara dos Deputados, artigo 32, informa o PT.

O ofício com pedido de investigação foi encaminhado para as seguintes autoridades: Raul Jungmann, ministro da Segurança Pública; Raquel Dodge, Procuradora-Geral da República; Cida Borghetti, Governadora do Estado do Paraná; Julio Cezar dos Reis, Secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná; Ivonei Sfoggia, Procurador-Geral de Justiça do Paraná; Rogério Augusto Viana Galloro, Diretor-Geral do Departamento de Polícia Federal.

(Nayara Figueiredo)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade