Publicidade

Estado de Minas

Políticos comentam pedido de prisão de Moro contra Lula

Redes sociais foram usadas por amigos e desafetos do ex-presidente para expressar sua opinião sobre o assunto


postado em 05/04/2018 18:45 / atualizado em 05/04/2018 20:10

O juiz Sérgio Moro determinou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva menos de 24 horas depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) negar habeas corpus pedido pela defesa dele. A repercussão foi imediata e a tag #LulaPresoAmanhã figura entre os assuntos mais comentados do mundo no Twitter.

Entre as personalidades que discutem a decisão de Moro, Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, entoou o coro a partir da tag #LulaValeALuta: "Prisão política, que reedita os tempos da ditadura". Em vídeo publicado na página oficial do Partido dos Trabalhadores no Facebook, ela chama para a passeata em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Outros petistas fazem chamada para a manifestação em defesa de Lula, como os deputados federais Arlindo Chinaglia, Erika Kokay.

 


O vice-presidente do PSDB e deputado federal Carlos Sampaio disse que "a notícia da prisão de Lula é uma vitória da Justiça e do povo brasileiro". O também deputado federal Delegado Francischini ironizou o pedido prisão do ex-presidente: "Lulapajaula!"

Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, usou as rede sociais para dizer que não ter sentimento de vingança em relação a Lula. "Recomendo resignação, paciência, humildade e calma". 

Confira: 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade