Publicidade

Estado de Minas

Manifestantes se reúnem na Paulista, em Copacabana e Brasília contra HC de Lula


postado em 03/04/2018 18:54

São Paulo, 03 - Manifestantes já começam a se reunir na Avenida Paulista para protestar contra a possibilidade ds um habeas corpus preventivo ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O pedido do petista para não ser preso após condenação em segunda instância será julgado amanhã pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A Avenida Paulista está fechada para o trânsito da altura da Alameda Campinas até a Ministro Rocha Azevedo Alves.

Manifestantes começam a se reunir próximo ao caminhão do Vem Pra Rua, na altura da Rua Pamplona e em frente ao prédio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Também há um caminhão do Movimento Brasil Livre (MBL) em frente ao Masp. Há faixas em apoio à Operação Lava Jato e pedindo a prisão de Lula.

O partido Novo convocou seus filiados para participarem dos atos desta terça-feira. O presidenciável da sigla, João Amoedo, estará na manifestação no Rio. Os atores Victor Fasano, Luana Piovani e Carlos Veneza também participam do ato em Copacabana, organizado pelo movimento Vem Pra Rua. "Estamos fazendo o nosso papel de pressionar o Supremo", afirmou uma das organizadoras do evento, Adriana Baltazar, na Avenida Atlântica.

Em Brasília, manifestantes ergueram mais cedo um boneco inflável do juiz Sérgio Moro vestido de super-herói na área da Biblioteca Nacional. Muitos agora se abrigam da forte chuva que cai na capital federal em marquises de ministérios. A Secretaria de Segurança do DF informa que há cerca de 1,5 mil manifestantes em frente ao Congresso Nacional.

(Daniel Weterman, Marianna Holanda, Felipe Frazão, André Borges e Roberta Jansen)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade