Publicidade

Estado de Minas

Governador do Ceará defende inocência do ex-presidente Lula


postado em 24/01/2018 13:00

Fortaleza, 24 - O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), manifestou-se, por meio de seu perfil nas redes sociais. Nesta quarta-feira, 24, ele disse acreditar na inocência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Como governador, como cidadão brasileiro e defensor da democracia, espero que, acima de tudo, prevaleça a justiça. Que o julgamento se dê à luz dos fatos, verídicos e sem retoques, e não submetido a questões políticas ou partidárias. Pessoalmente, acredito na inocência de Lula. Conhecemos sua história, sua luta e seus princípios. Que a verdade prevaleça", escreveu Camilo Santana.

Manifestantes contrários à condenação do ex-presidente Lula se reuniram, pela manhã, na Praça General Murilo Borges, no Centro de Fortaleza, onde fica o fórum da Justiça Federal no Ceará. Para o presidente do PT-CE, De Assis Diniz, a intenção da julgamento é tirar Lula das eleições deste ano.

Ma avaliação do presidente da CUT no Ceará, Will Pereira, atos que estão sendo realizados em todo o Brasil em defesa do ex-presidente representam a defesa da democracia. A chuva, que começou a cair na capital cearense, dispersou um pouco o público. Mesmo assim, a programação deve seguir na praça até às 16h.

No interior do Ceará, militantes do MST bloquearam a BR-402, no trecho próximo à Itapipoca. Os manifestantes atearam fogo em pneus. Também ocorriam protestos em favor de Lula nas cidades de Quixadá, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Crateús, Sobral e Aracapé.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade