Publicidade

Estado de Minas

Heleno de Abreu volta ao PHS assume mandato na vaga de Marcelo Aro


postado em 28/01/2015 06:00 / atualizado em 28/01/2015 07:58

Acabou o impasse sobre quem vai ocupar na Câmara Municipal de Belo Horizonte a cadeira do vereador Marcelo Aro (PHS), que no domingo será empossado deputado federal. Até então no PSDB, o ex-vereador Heleno de Abreu, primeiro suplente de Aro, retorna hoje oficialmente ao PHS. Ele vai se filiar novamente ao partido, dois anos depois de sair brigado da legenda. Antes de fazer as pazes, Heleno chegou a ameaçar ir à Justiça para garantir a vaga de vereador. Afinal, de acordo com resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o mandato pertence ao partido. A partir de segunda-feira, a Câmara Municipal tem até 30 dias para empossar os suplentes aos cargos dos quatro parlamentares eleitos deputados.

Segundo Marcelo Aro, que também é presidente estadual do PHS, a decisão de aceitar Heleno de volta foi tomada pela executiva estadual. “Heleno é uma pessoa do bem. Foi um ótimo parlamentar. Teve desentendimentos, mas são tempos novos”, justifica. Ex-jogador do Atlético Mineiro e graduado em educação física, Heleno foi vereador entre 2011 e 2012, quando assumiu a cadeira de Fred Costa, eleito deputado estadual na época. Atualmente, trabalha no gabinete do deputado estadual João Leite (PSDB).

Nas eleições de 2012, Heleno não conseguiu se reeleger, mas ficou como primeiro suplente de Aro. Depois de desentendimentos, ele se desfiliou do PHS há cerca de dois anos e retornou ao PSDB. Por causa disso, o segundo suplente, André Alves (PHS), candidato a governador no último pleito, seria o nome indicado para assumir a cadeira no Legislativo municipal. “Heleno se mostrou disposto a fazer jus ao PHS e lutar pelas bandeiras do partido, como o humanismo e a independência”, disse Aro. Com a posse de Heleno, Alves se torna primeiro suplente do partido.

Além do ex-jogador, outros três suplentes vão assumir cadeiras na Câmara. Eleito para ocupar cadeira na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Iran Barbosa (PMDB) será substituído por Reinaldo Gomes de Souza (PMDB), o Preto do Sacolão. Ele foi vereador na última legislatura (2009-2012) e tem atuação mais voltada para a Região Nordeste.

Também ex-vereador na última legislatura e com maior atuação na Região Nordeste, Márcio Almeida (PRP) vai para o lugar do deputado federal eleito Marcelo Álvaro Antônio (PRP). Sem o mandato, ele estava trabalhando na Prefeitura de BH. Já o delegado Edson Moreira (PTN), que também vai para a Câmara Federal, será substituído pelo novo vereador Lúcio Bocão (PTN), cuja base eleitoral está no Bairro Cabana do Pai Tomás, na Região Oeste. Heleno não foi encontrado para comentar a filiação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade