Publicidade

Estado de Minas

Frejat (PR) discute com fiscal após votar em Brasília


postado em 05/10/2014 12:07 / atualizado em 05/10/2014 12:22

O candidato ao governo do Distrito Federal, Jofran Frejat (PR), votou agora de manhã em uma escola do Lago Sul, bairro de classe alta em Brasília. Ele chegou acompanhado da esposa, Denise, e da filha caçula, Júlia. Cumprimentou, abraçou e tirou foto com vários eleitores. Depois de votar fez o símbolo da vitória para os jornalistas que acompanharam o momento da votação. A saída de Frejat da escola, no entanto, foi tumultuada. Ele teve um bate-boca com o fiscal da coligação PSB/PDT/PSD e SD, Frederico Barreto, que acusou o candidato de fazer boca de urna e promover a aglomeração de pessoas. Em tom elevado, Frejat exigiu respeito.

O candidato, que assumiu a candidatura da coligação PTB/PR/DEM/PRTB/PPS/PMN após a Justiça Eleitoral impugnar a candidatura de José Roberto Arruda, disse que irá percorrer, ao longo do dia, vários locais de votação para se apresentar. "Só tenho 12 ou 13 dias de campanha. Eu era o vice. O candidato era o Arruda. Muita gente não sabe que eu sou o candidato", explicou.

No fim do dia, ele estará no comitê de campanha para acompanhar a apuração dos votos. Frejat disse que quer ajudar o Distrito Federal a se revitalizar e a se legalizar. Segundo ele, há muitos assentamentos e condomínios irregulares. "Quero que isso se recomponha. Tenho experiência, tenho vontade de fazer. Fiz um trabalho grande como secretário de Saúde do DF e como deputado e acho que posso coroar fazendo um bom governo para a capital da República", afirmou. O candidato informou que se for para o segundo turno das eleições irá buscar apoio de outros partidos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade