Publicidade

Estado de Minas

Líderes avaliam com cautela troca na articulação política do governo


postado em 10/06/2011 19:19

Líderes partidários na Câmara foram cautelosos ao analisar a substituição de Luiz Sérgio por Ideli Salvatti na Secretaria de Relações Institucionais, responsável pela coordenação política do governo. O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), considera a nova articuladora uma política hábil e acredita que ela terá êxito na nova missão. ''A ministra Ideli é jeitosa e sabe encaminhar bem as questões políticas.'' Vaccarezza disse que vai apoiar Ideli na Câmara. ''Vou ajudar a ministra no que for possível. Sou um soldado do governo da presidenta Dilma Rousseff. O que a Ideli precisar, pode contar comigo.'' Em relação a saída de Luiz Sérgio da articulação política e sua ida para o Ministério da Pesca e Aquicultura, Vaccarezza disse que a bancada petista na Câmara está satisfeita e se sente bem representada por Luiz Sérgio no Ministério da Pesca. Já o líder do DEM, Antônio Carlos Magalhães Neto (BA), disse que ainda é cedo para fazer uma avaliação sobre a substituição do articulador político do governo.''Não quero antecipar uma análise sobre como a ministra Ideli Salvatti vai atuar na coordenação política do governo. Temos que esperar um pouco.'' ACM Neto afirmou que Ideli não poderá ter no cargo o mesmo estilo que tinha quando foi líder do PT e do governo no Senado. Sobre a nomeação de Luiz Sérgio para o Ministério da Pesca, cargo quer era ocupado por Ideli, ACM Neto acrescentou: ''É um prêmio de consolação. Ele foi fritado''.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade