Publicidade

Estado de Minas

Dilma diz que seu governo será "municipalista"


postado em 17/03/2011 15:05 / atualizado em 17/03/2011 15:37

Dilma fez elogio ao governador Anastasia (PSDB), chamando-o de
Dilma fez elogio ao governador Anastasia (PSDB), chamando-o de "excelente parceiro" (foto: Roberto Stuckert Filho/PR)
A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira que terá uma relação "qualificada e de parceria" com prefeitos, já que uma série de projetos de seu governo só poderá ser viabilizada com o apoio das prefeituras. "Vocês podem ter certeza: meu governo será um governo municipalista", disse a presidente, que esteve em Uberaba (MG) no evento de assinatura do protocolo para a implantação da uma unidade de fertilizantes da Petrobras na cidade mineira.

Dilma ainda trocou elogios com seu adversário político, o governador Antonio Anastasia, do PSDB, o qual foi chamado por ela de "excelente parceiro". Anastasia retribuiu o elogio e disse que Minas Gerais está aberta a parcerias com o governo federal e que "o nível de maturidade política permite, especialmente entre nós mineiros, as condições ideais ao desenvolvimento".

A presidente brincou com o diretor financeiro da Petrobras, Almir Barbassa, que é de Uberaba, cidade que sediará o investimento de US$ 1,3 bilhão da empresa. "Se eu soubesse que ele era daqui, eu entenderia com mais facilidade a implantação da unidade", disse a presidente.

Dilma e Anastasia citaram ainda o empenho do ex-vice-presidente da República José Alencar para que a obra fosse para a cidade mineira e para a construção do gasoduto de São Paulo a Minas Gerais que proporcionará energia à fábrica. "José Alencar teve um empenho tão grande no projeto que, de certa forma, cada molécula de gás deveria ter o nome dele", afirmou a presidente.

Alencar, convidado para o evento, enviou uma carta ao prefeito de Uberaba justificando a ausência por motivos de saúde e considerou a data de hoje como representação de "um novo ciclo de progresso e desenvolvimento econômico e social". Dilma concluiu os elogios a Alencar sugerindo que "todos nós façamos uma carta a ele, agradecendo".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade