Publicidade

Estado de Minas LITERATURA

Os livros mais marcantes da década, por Larissa Mundim

Vinte críticos, jornalistas e gestores culturais indicam os livros nacionais - romances, contos, poemas - que marcaram suas leituras nos últimos dez anos


16/04/2021 04:00 - atualizado 16/04/2021 07:56



Larissa Mundim
Coordenadora da Nega Lilu Editora

“Um útero é do tamanho de um punho”, de Angélica Freitas (Cia das Letras, 2017)
“Olhos d’água”, de Conceição Evaristo (Pallas, 2014)
“Outros cantos”, de Maria Valéria Rezende (Alfaguara, 2016)
“O caçador de mariposas”, de Wellington de Melo (Edição do autor, 2013)
“Amora”, de Natalia Borges Polesso (Não Editora, 2015)
“A neta de Anita”, de Anderson de Oliveira e Alexandre Rampazo (Mazza, 2017)
“Torto arado”, de Itamar Vieira Junior (Todavia, 2019)
“Cartas para ninguém”, de Diana Salu (Padê, 2019)
“Oh, margem! Reinventa os rios”, de Cidinha da Silva (Selo Povo, 2011)
“Livro dos começos”, de Noemi Jaffe (Cosac Naify, 2015)

Leia: Os livros brasileiros de ficção mais marcantes da última década



CLIQUE E CONFIRA A LISTA DE CADA UM DOS CONVIDADOS

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade