Publicidade

Estado de Minas LITERATURA

Os livros mais marcantes da década, por Rogério Coelho

Vinte críticos, jornalistas e gestores culturais indicam os livros nacionais - romances, contos, poemas - que marcaram suas leituras nos últimos dez anos


16/04/2021 04:00 - atualizado 16/04/2021 08:31



Rogério Coelho 
Articulador do Coletivoz, sarau de periferia, e do slam Clube da Luta 

“Interiorana”, de Nívea Sabino (Edição do autor, 2018) 
“Lua nos pés”, de Piê Souza (Venas Abiertas, 2019) 
“Tudo bela brilha e queima”, de Ryane Leão (Planeta, 2017) 
“O verão tardio”, de Luiz Ruffato (Companhia das Letras, 2019) 
“Nossos ossos”, de Marcelino Freire (Rocco, 2013) 
“Enterre seus mortos”, de Ana Paula Maia (Companhia das Letras, 2018) 
“O sol na cabeça”, de Giovane Martins (Companhia das Letras, 2018) 
“Um Exu em Nova York”, de Cidinha da Silva (Pallas Editora, 2018) 
“Insubmissas lágrimas de mulheres”, de Conceição Evaristo (Nandyala, 2011) 
“Olhos d’água”, de Conceição Evaristo (Pallas, 2014)

Leia: Os livros brasileiros de ficção mais marcantes da última década



CLIQUE E CONFIRA A LISTA DE CADA UM DOS CONVIDADOS

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade