Continue lendo os seus conteúdos favoritos.
Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Lançamentos


postado em 05/04/2019 05:09


A BUSCA DA LÍNGUA PERFEITA
NA CULTURA EUROPEIA

De Umberto Eco
Editora Unesp
416 páginas
R$ 62
R$ 58,44 (e-book)

A ideia de que alguma vez existiu uma linguagem que expressasse de forma perfeita e inequívoca a essência de todas as coisas e conceitos possíveis ocupou as mentes dos filósofos, teólogos e místicos por pelo menos dois milênios. Neste livro, Umberto Eco investiga esse projeto utópico de descobrir uma língua original, perfeita e única para todo o gênero humano. Ele não circunscreve seu trabalho na linguística e na semiótica, mantendo-se em zona limítrofe entre essas áreas e o campo da história das ideias. Umberto Eco (1932-2016) foi filósofo, semiólogo e escritor, autor de prolífica obra ficcional e ensaística, obteve notoriedade global, sendo considerado um dos principais intelectuais do século 20.

HISTÓRIA DE
LIVROS PERDIDOS

De Giorgio van Straten
Editora Unesp
115 páginas
R$ 38
R$ 28,80 (e-book)

Diretor do Instituto Italiano de Cultura em Nova York, o escritor Giorgio van Stratan conta a jornada em busca de oito livros perdidos, quase míticos. Todos que os procuram estão certos de que existem e de que vão encontrá-los, mas ninguém tem provas concretas e conhece rotas seguras até eles. Muitas vezes, as pistas são fugazes e a esperança de encontrar essas páginas é mínima. São livros que desapareceram. Byron, Gógol, Hemingway, Walter Benjamin e Sylvia Plath estão entre os autores desses ilustres desconhecidos. “Percebi que os livros perdidos têm algo que todos os outros não possuem: deixam a nós, leitores, a possibilidade de imaginá-los, de contá-los, de reinventá-los”, diz Straten.

A TÉCNICA DO LIVRO
SEGUNDO SÃO JERÔNIMO

Editora Unesp
248 páginas
R$ 90
R$ 89,25

Um livro sobre livros, a tese de dom Paulo Evaristo aborda um dos maiores escritores cristãos de todos os tempos, São Jerônimo, padroeiro dos editores e tipógrafos. Transformado em livro de arte, a edição de luxo tem capa dura, com imagens do santo e ilustrações coloridas. Descreve com exatidão filológica o longo processo de composição da escrita, desde suporte usado (papiro, pergaminho, tabuletas de cera com estilete), até aspectos ligados à difusão da obra, passando pelas etapas da redação e das várias modalidades de edição, segundo os escritos de São Jerônimo, considerado um dos maiores sábios da humanidade e um dos principais intelectuais da Igreja Católica. São Jerônimo é o autor da Vulgata, na qual traduziu e reuniu as diversas fontes orientais e ocidentais do que se tornou mais tarde a Bíblia tal como a conhecemos hoje

A PROMESSA/A PANE
De Friedrich Dürrenmatt
Estação Liberdade
224 páginas
R$ 45

Mais conhecido no Brasil por textos teatrais como A visita da velha senhora, o suíço Friedrich Dürrenmatt (1921-1990) tem também sólida obra literária. Bem representativa de sua produção é a novela A promessa – requiém para um romance policial que, como indica o subtítulo, dedica-se a construir – e demolir – uma trama de investigação da morte violenta de uma menina no interior da Suíça. “Infelizmente, em todas essas histórias policiais se perpetra ainda um engodo bem diferente, e não falo do fato de que seus criminosos sempre encontram a justiça, pois essas belas histórias são moralmente necessárias”, avisa o narrador. Ainda na edição da Estação Liberdade, outra história forte: A pane, sátira mordaz aos dramas de julgamento.

OUTONO

De Lucília Garcez
Outubro Edições
183 páginas

O romance de Lucília Garcez, doutora em letras pela PUC/SP e professora aposentada do Instituto de Letras da Universidade de Brasília, é uma verdadeira aula de história do Brasil contemporâneo, Focado no tempo em que generais presidentes governaram nosso país, apresenta em linguagem peculiar à literatura, as desventuras de jovens brasileiros que empenharam a vida na defesa de um ideal libertário e igualitário, analisa a historiadora Lucilia Neves. Quantas pessoas como Ângela e Danilo, personagens do enredo, ainda estão por aí, sobrevivemdno à dor e tentando seguir adiante? Quantos deles estão presos de forma irremdiável aos anos 1960 e 1970? Quanto sofrimento continua visível em seus semblantes

ATENÇÃO.
De Alex Castro
Rocco
288 páginas
R$ 44,90
Lançamento: 6 de abril, às 18h, na livraria Leitura Boulevard, em Belo Horizonte

O escritor zen-budista Alex Castro se baseia na filosofia da política francesa Simone Veil e na prática do budismo engajado para escrever Atenção., série de ensaios sobre o mal que a falta de atenção à sociedade e à necessidade de olharmos de forma verdadeiro para o outro a fim de transformar o coletivo e nós mesmos. Essa reflexão é desenvolvida no que o autor chama de práticas de atenção, entre elas, ouvir com atenção plena, praticar o não conhecimento e exercer a não opinião. O essencial, numa sociedade autocentrada, é desapegar do eu. Dar atenção é esvaziar o eu, e por consequência, esvaziar-se de julgamento e conceitos.





Publicidade