Publicidade

Estado de Minas

Como conhecer Minas Gerais com passagens aéreas promocionais


Canal Patrocinado
Conteúdo patrocinado
Canal Patrocinado
postado em 21/06/2019 13:35

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
Localizada no Sudeste do Brasil, Minas Gerais é o segundo estado do país em quantidade de habitantes e um dos mais espetaculares destinos turísticos por conta das belezas naturais e o patrimônio histórico. Vale a pena conseguir passagens aéreas promocionais para conhecer este charmoso estado, que mistura história com paisagens maravilhosas.
 
Não há dúvidas que Minas Gerais é um dos destinos mais escolhidos para fazer turismo no Brasil e isso se deve a tudo o que o estado tem para oferecer aos seus visitantes: belas cachoeiras, ruas de paralelepípedo, cidades históricas e natureza aconchegante. Com passagens aéreas promocionais é possível aprender a tirar proveito deste fantástico destino.
 
Há alguns destinos que merecem – e devem - ser conhecidos. Certamente você não vai se arrepender se escolher algum dos seguintes destinos para percorrer com calma e aprender tudo sobre o Estado de Minas Gerais:
 
  • Monte Verde: é o destino ideal para relaxar e experimentar uma gastronomia espetacular. Fica a aproximadamente 165 quilômetros de São Paulo e é um lugar ideal para curtir durante o inverno, mesmo sendo um destino turístico para qualquer época do ano. Para quem gosta de aventura, nada melhor do que percorrer as trilhas que se localizam no Parque Ecológico Grinberg.
  • Ibitipoca: quase 50 cachoeiras e 70 grutas de quartzo podem ser vistas neste imenso parque nacional que oferece aos visitantes belas atrações naturais. A uns 8 quilômetros da entrada do parque há uma bela cachoeira chamada ‘Janela do Céu’, pois em relação ao cenário natural, se transforma numa espécie de janela simplesmente espetacular.
  • Tiradentes: é um destino muito conhecido por causa do carnaval de rua. Lá há igrejas e belos casarões ao longo de ladeiras com calcadas de pedra da época colonial. O Centro Histórico é a visita principal. É lá onde se situa a Igreja Matriz de Santo Antonio no alto de uma montanha. A vista de lá é simplesmente incrível. É aconselhável viver a experiência de assistir ao pôr do sol de lá, é inesquecível!
  • São João del Rei: é uma cidade antiga, das mais importantes, da época da colonização. Mesmo tendo a movimentação de cidade do interior mineiro, ainda conserva as suas raízes históricas. É enriquecedor percorrer as ruas de paralelepípedos olhando tudo, conhecer a Igreja de São Francisco de Assis com as suas características barrocas. Não se esqueça de fazer o roteiro da Maria Fumaça!
  • Ouro Preto: é, sem lugar a dúvidas, o destino com mais charme do Estado de Minas Gerais. La aconteceu a Inconfidência Mineira, que foi a luta pelo fim da escravidão e do domínio português. A cidade é um museu a céu aberto, com obras de grandes artistas barrocos. O Museu da Inconfidência Mineira apresenta a história da região. Obrigatório visitá-lo.
  • Parque Nacional do Caparaó: é simplesmente um destino paradisíaco. Se localiza na divisa de Minas Gerais e Espírito Santo. Quem gosta de fazer montanhismo encontrará aqui o lugar ideal. Nesta região há muitas trilhas, cachoeiras e mirantes fantásticos. Há um poço de águas naturais, o Vale Encantado. Conhecer esse lugar será uma experiência inesquecível.
(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)

Viajar para curtir a gastronomia de Minas Gerais 

 
Este estado oferece uma gastronomia muito especial, das mais variadas do Brasil. Com influencia dos escravos africanos e dos desbravadores paulistas, o feijão tropeiro e o frango com quiabo som pratos que você não vai esquecer. Certamente a culinária de Minas Gerais lembra o domínio português e a presença dos imigrantes italianos e espanhóis.
 
A gastronomia mineira já é uma importante tradição deste destino. Fazer turismo gastronômico por aqui não deixa de ser uma excelente idéia! Viajar, conhecer e comer, um conjunto de atividades ideais para passar uma temporada espetacular!
 
Há vários pratos típicos nesta região, como por exemplo:
 
  • Frango com quiabo. Trata-se de um ensopado feito com frango caipira e quiabo. É um clássico da cozinha mineira, mas como o quiabo tem origem africana, é de acreditar que é um alimento que foi trazido ao Brasil pelos escravos e como naquela época o frango era um alimento comum, a mistura originou o prato tão conhecido.
  • Tutu. É feijão cozido, batido e temperado que é misturado com farinha de mandioca ou farinha de milho para adquirir consistência. É conhecido como tutu à mineira e é servido com torresmo e ovos cozidos.
  • Feijão tropeiro. É um prato com origem da época colonial, quando os tropeiros misturavam a carne e os ovos com feijão e farinha e comiam durante as viagens. Este prato é servido em todos os restaurantes.
  • Frango ao molho pardo. Um prato gostoso mais que nem todo mundo gosta, pois trata-se de galinha cortada em pedaços e cozida no seu próprio sangue. O molho pardo é o sangue misturado com vinagre para evitar que coagule.
  • Doce de abóbora. Este doce é feito em cubinho cristalizado, em bolinha, em compota, cremoso, misturado com coco como docinho de festa, etc. A abóbora permite diversos tipos de doces, todos eles muito gostosos e apreciados mesmo por quem não gosta de abóbora!
  • Goiabada cascão. É patrimônio de Ouro Preto, sem dúvida alguma! Por que se chamada goiabada cascão? Por causa da diferença com a goiabada comum: nesta goiabada é possível encontrar no seu interior, pedaços da casca deste fruto tão gostoso.
  • Doce de leite. Há controvérsias sobre a sua origem. Os argentinos dizem que foi inventado por um político que foi atender a porta, esquecendo o leite com açúcar no fogo. Os uruguaios também dizem que foi inventado no Uruguai. Mas o doce de leite mais gostoso é feito em Minas Gerais e vale a pena saborear sozinho, como recheio de churros, com queijo, em pudins, sorvetes ou com aquilo que você quiser, porque é um verdadeiro manjar!
  • Pão de queijo. Em qualquer lugar de Minas Gerais é possível encontrar pães de queijo. Em restaurantes cinco estrelas, em bares, em biroscas... Pode ser feito com polvilho azedo, com polvilho doce, mas não existe no mundo melhor pão de queijo que pão de queijo mineiro!


Publicidade