Publicidade

Estado de Minas

Arte e tecnologia se encontram em exposição na Casa Fiat de Cultura

Mostra "São Francisco na arte de mestres italianos" usa realidade virtual para levar visitantes à Basílica Superior de Assis; construção histórica reúne rico acervo da arte e arquitetura italiana


Casa Fiat de Cultura
Conteúdo patrocinado
Casa Fiat de Cultura
postado em 19/09/2018 11:14 / atualizado em 01/10/2018 17:09

Visitantes fazem passeio virtual. Realidade Virtual transporta o público para dentro do basílica Superior de Assis (foto: Rejane Lima)
Visitantes fazem passeio virtual. Realidade Virtual transporta o público para dentro do basílica Superior de Assis (foto: Rejane Lima)
 
Na Itália Central, uma construção que começou a ser erguida no início do século XIII reúne um incrível acervo de obras criadas pelos principais artistas daquele período, em uma edificação que presta homenagem a São Francisco de Assis.

Embora a colina que abriga a Basílica Superior de Assis esteja a milhares de quilômetros da capital mineira, tamanha riqueza histórica e arquitetônica nunca estiveram tão perto de Belo Horizonte.

Até 21 de outubro, é possível visitar este patrimônio da humanidade e conhecer seus detalhes sem sair de BH, graças à tecnologia.

Na Casa Fiat de Cultura, localizada no Circuito Cultural Praça da Liberdade, a exposição ‘São Francisco na arte dos  de mestres italianos’ promove o encontro entre arte e tecnologia, ao proporcionar aos visitantes uma viagem pela nave da basílica com o uso de óculos de realidade virtual.

Em segundos, quem usa o equipamento se transporta de Belo Horizonte para uma construção histórica que resiste aos séculos e às intempéries, mantendo a beleza e a importância cultural para a história da humanidade.

Com os óculos, é possível apreciar de perto obras-primas do pintor Giotto e o ciclo de afrescos ‘Le storie di San Francesco’, com a representação de 28 episódios da vida de São Francisco retratados em pinturas entre os anos de 1292 e 1296.

 “É uma experiência mágica e muito emocionante. A impressão que se tem é a de estar planando sobre a capela. O visitante pode ver de perto os afrescos que estão nas paredes, de uma maneira que não é possível visualizar nem mesmo pessoalmente”, conta Clarita Gonzaga, coordenadora do programa educativo da Casa Fiat de Cultura.

Os óculos de realidade virtual têm, ainda, um sistema de audioguia. Assim, além de ver, os visitantes ouvem detalhes sobre a basílica, com explicações sobre os aspectos arquitetônicos da construção, erguida no período medieval.

A viagem acompanhada de audiodescrição também passa por nove afrescos do pintor e arquiteto italiano Giotto.

Além do óbvio 

A imersão proporcionada pela realidade virtual é a experiência tecnológica mais evidente da exposição, mas não a única. Segundo Clarita Gonzaga, a mostra promove a reflexão sobre a tecnologia que está presente até em obras produzidas há séculos. “Se observarmos de perto, veremos os vários tipos de técnicas e materiais que estes artistas usaram.

Há obras, por exemplo, em que é possível identificar o momento no qual um pintor mudou de ideia, experimentou. Isso tudo é tecnologia”, destaca.

Os visitantes também são convidados a vivenciar este universo que une arte e tecnologia. Além do uso dos óculos 3D, o Ateliê Aberto de Pintura – programação paralela à exposição – estimula a experimentação livre, em que são abordados conceitos básicos de pintura, como técnica e linguagem.

A programação também está aberta às crianças. Neste caso, o ateliê trabalha atividades que envolvem os conceitos de cor, forma e composição.

Para Clarita, mais que uma exposição sobre o santo, a mostra ‘São Francisco na arte dos de mestres italianos’ é um convite à reflexão sobre a arte como algo vivo e atemporal, que liga passado e presente. “Se você entrar com a cabeça aberta, verá mil possibilidades de conversa sobre o mundo contemporâneo”, garante.

Serviço:

Exposição “São Francisco na Arte de Mestres Italianos na Casa Fiat de Cultura”
Curadoria: Giovanni Morello e Stefano Papetti
Até 21 de outubro de 2018
Terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

Entrada gratuita
 


Publicidade