Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Sem vacina

Cartão vermelho para Djokovic


08/01/2022 04:00

José Pedro Naisser
Curitiba 

“Que bom seria se esse pobre menino rico Djokovic fosse abordado na entrada do aeroporto de Melbourne, Austrália, por uma legião de fãs que o carregariam nos braços, se tivesse feito doações e comprado, junto às fabricantes, vacinas para milhões de crianças e adultos da África, que clamam por elas. Porém, não foi assim que ocorreu. Ele, arrogante, achando que está acima da lei e das regras sanitárias daquele país, onde é visitante, está em quarentena forçada porque não se vacinou. Provocou um conflito internacional que será decidido dia 10 por um juiz, que decidirá se aceita sua permanência ou se ele será deportado para bem longe, já que sem vacina no braço é um potencial transmissor da COVID-19. Já tem um passado que não habilita para ser um seguidor de Gandhy, depois que deu uma bolada numa juíza numa disputa internacional, e perdeu para um desconhecido. Seu pai, outro negacionista, pede que o defendam mesmo que seja na base da violência. Vamos aguardar o dia 10. Para mim, o cartão vermelho sairia antes, a lei é clara. Enquanto isso, vai o resultado: Rafael Nadal 10 x Djokovic 0.”

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade