Publicidade

Estado de Minas Reflexão

Dia Mundial do Meio Ambiente


05/06/2021 04:00


 
José Pedro Naisser
Curitiba – PR

“No meio de todas as dores do mundo provocadas pela COVID-19, o mundo chegou aos 172 milhões de pessoas infectadas pelo terrível vírus, e 3,7 milhões de vidas perdidas, lamentavelmente os governantes ainda não se deram conta que a única saída é a vacinação em massa de seus povos. No Dia Mundial do Meio Ambiente, a ONU cita que o mundo vive uma tripla crise ambiental, porque os governantes lamentavelmente para cuidarem da pandemia, abandonaram a agenda ambiental, que é a crise do aquecimento global, mudanças climáticas e poluição atmosférica, que também tem ceifado a vida de milhões de pessoas ao redor do mundo.
 
Lamentavelmente, o Brasil está bem no que diz respeito aos cuidados com seu meio ambiente, insiste em não cuidar da nossa Amazônia e a cada dia aumenta mais ainda o desmatamento. Segundo especialistas, ela poderá virar uma savana em 20 anos, o bioma do Pantanal foi quase devastado pelos incêndios de 2020 e a mata atlântica sofreu em relação a 2020 o maior desmatamento da história, 400%, justamente no bioma em que vivem aproximadamente 70% 
da população brasileira.
 
Para as cidades, agora uma enorme crise de energia ameaça a geração de eletricidade, tendo em vista a baixa nos reservatórios, e sem previsão de chuvas para os próximos meses.
 
As grandes empresas que produzem e emitem gases do efeito estufa prometeram colaborar com os governos, porém só a partir de 2030, isso se ainda existir 
vida aqui na terra.
 
Para piorar ainda mais, teremos a crise da água potável para os humanos, o que é pior, com os rios na sua maioria poluídos, principalmente pelos trilhões de litros de esgotos sem tratamento que diariamente são despejados nos seus leitos, só nos resta agora rezar e pedir a São Paulo que nos 
mande chuvas, para aliviarmos a escassez da água.
 
Como ferramenta, oferecemos é o nosso projeto de educação para a saúde e sustentabilidade, colocado para as escolas e universidades, como a única forma de ajudarmos no combate à  escassez da água, reciclagem do lixo pela logística reversa, mas tudo isso fica difícil, porque não conseguimos chegar aos governantes, que lamentavelmente ainda não se deram conta da enorme crise hídrica em que vivemos hoje.
 
Essa é a nossa publicação com relação ao Dia Mundial do Meio Ambiente, dizendo que a viagem mais longa que o ser humano irá fazer, não será para Marte, Saturno ou Netuno, mas sim para dentro de si mesmo. Vamos aguardar.”

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade