Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Gestão

Leitor reforça críticas a Bolsonaro


03/06/2021 04:00

Pedro Braga
Belo Horizonte  

“Ao contrário do que o leitor Humberto Schuwartz Soares afirma, Bolsonaro desmontou a infraestrutura montada com tanto sacrifício pela Nação nas últimas décadas. Acabou com a saúde, demitindo ministros competentes e nomeando incompetentes, permitindo a proliferação mortífera do coronavírus. Desmoralizou a educação, nomeando um ministro por ele ser pastor, que não tem nenhuma noção sobre sua missão e acumula decisões desastrosas, como a de cortar as verbas para o ensino superior; prejudicou a ciência, cortando verbas para bolsas de estudo e demitindo profissionais excepcionais; não realizou nenhuma obra de infraestrutura, limitando-se a inaugurar obras de outros governos ou outras insignificantes – nenhuma ferrovia, nenhuma rodovia importante, nenhum porto, nada. A economia está em frangalhos, inclusive por causa da incompetência em combater a pandemia; a inflação está aumentando, impactando o bolso dos mais pobres. Durante seu governo, o desmatamento da Amazônia e as queimadas no Pantanal atingiram níveis recordes, sendo que ele protege os crimes de madeireiros, grileiros e mineradoras ilegais; seu ministro do Meio Ambiente manda legalizar contrabando de madeira, com provas contundentes. O auxílio emergencial é ridículo quando comparado com outras nações, e já foi reduzido a valores insuficientes. O Brasil é tratado com desprezo pela comunidade internacional. Bolsonaro lotou o governo com militares incompetentes, em número nunca visto (nem durante a ditadura); enaltece o AI-5, fonte de horrores e retrocesso político. Promove o aumento da criminalidade e da brutalidade da polícia, armando a população. E, covardemente, põe a culpa nos outros: são os governadores, é a pandemia, é a imprensa. Não é por outra razão que sua popularidade é tão baixa e que o povo sai às ruas em massa para exigir sua deposição. A CPI é um exemplo para a Nação, desmascarando as mazelas deste governo, que é o pior que o país já teve. Qualquer um é melhor que Bolsonaro.”

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade