Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas GPS III

Mais precisão para uso civil e militar


14/12/2020 04:00

Vivaldo J. Breternitz
São Paulo 

"O GPS foi desenvolvido nos anos 1970 para uso das forças armadas americanas. Foi Bradford Parkinson, coronel da força aérea daquele país, notável cientista e professor emérito da Universidade de Stanford, quem propôs a estrutura do sistema e dirigiu seu desenvolvimento. Parkinson dizia que o objetivo do GPS era "permitir acertar cinco bombas no mesmo buraco". Em 1983, depois que um jato de passageiros da Korean Air Lines, inadvertidamente, invadiu o espaço aéreo soviético e foi abatido, morrendo 269 pessoas, o então presidente americano Ronald Reagan permitiu que o sistema pudesse ser utilizado também no meio civil. O uso do GPS, que é baseado em dados captados por uma constelação composta por cerca de 30 satélites, incorporou-se à nossa vida cotidiana; já tem concorrentes, o principal dos quais é o BeiDou, chinês. Quem gerencia e opera a constelação do GPS é a US Space Force, um ramo das forças armadas recentemente desmembrado da força aérea americana, a US Air Force. O quarto satélite de uma nova geração, a GPS III, acaba de ser lançado. Além de substituir satélites antigos, os novos são mais precisos, duráveis, bem como geram sinais mais potentes e difíceis de ser hackeados ou sofrer interferências, ajudando a manter a superioridade militar americana e permitindo novas e mais sofisticadas aplicações civis. Segundo estudo desenvolvido pelo National Institute of Standards and Technology, o impacto econômico da tecnologia GPS chega a US$ 1 bilhão ao dia, apenas na economia americana. É mais um caso de tecnologia desenvolvida para uso militar trazendo benefícios à nossa vida cotidiana."

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade