Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MINORIAS

A falácia por trás do discurso


10/12/2020 04:00

Eduardo Martins
Belo Horizonte  

"Sempre que se levanta uma bandeira como ‘Vidas negras importam’ surgem pessoas para rebater dizendo que todas as vidas importam e que somos todos iguais. Esse discurso é falacioso e desonesto, pois quando alguém destaca a importância de se valorizarem vidas negras, vidas de mulheres, de pessoas da comunidade LGBT, entre outras minorias, não se está dizendo que outras vidas não importam, e sim que essas vidas estão sendo ignoradas, violentadas e assassinadas na sociedade, e por isso precisam ser defendidas e colocadas em pauta. Pessoas privilegiadas tendem a não compreender o porquê de se levantar a bandeira por esses grupos, pois é preciso um exercício de empatia, de olhar pro outro e compreender que, apesar de na teoria sermos todos iguais, na prática esses são tratados de formas muito diferentes, e por isso é preciso dar força para a voz dessas pessoas."

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade