Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas ATAQUES

Cidadão discorda de atitude do presidente


postado em 30/05/2020 04:00

José Carlos Saraiva da Costa
Belo Horizonte 

“Os brasileiros precisam agradecer ao ex-ministro Sérgio Moro pela 
oportunidade de assistir à reunião ministerial de 22 de abril. O show de baixaria exibido pelo presidente Jair Bolsonaro e seus ministros não deixou dúvidas de quem é quem. O predomínio da falta de educação, dos palavrões e dos interesses políticos ficou claro para todos. O tom autoritário do presidente e a sua preocupação com a mídia ofuscaram a pandemia do novo coronavírus. Bolsonaro e seus ministros desprezaram a Suprema Corte, os governadores, os prefeitos e o Parlamento. Os participantes cometeram improbidade e devem responder por cada injúria, calúnia e difamação pronunciadas. O vídeo da reunião ministerial realizada em 22 de abril mostra que o presidente Jair Bolsonaro é extremamente instável. Bolsonaro é tosco ao falar com os seus ministros, pois grita o tempo todo e fala palavrões em quase todas as frases. O presidente é autoritário e não sabe delegar funções aos seus subordinados. Demonstra que está acuado e que não confia em seu primeiro escalão. A imprensa o incomoda tremendamente e ele gasta seu precioso tempo criticando emissoras de televisão e jornais. O chefe de Estado mostra um comportamento tirânico e transforma a reunião num ambiente de baixeza e afronta. 
O Brasil está nas mãos de um desorientado e inútil.”

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade