Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas REVOLTA

Crítica ao sistema eleitoral brasileiro


postado em 31/03/2020 04:00


Hernani José de Castro

São Gonçalo do Rio Abaixo – MG

 

"Dizer que o povo não sabe votar, como o Rei do Futebol, Pelé, é omitir o porquê. Nosso sistema eleitoral é uma lei em forma de seta em que o alvo é um só, o povo. Força-nos a votar, mas nunca interessou ao TSE analisar os nomes dos filiados interessados numa cadeira eletiva. Sabe-se que 70% dos eleitos são ‘presos’ às maiores empresas brasileiras, em conivência com algumas poderosas internacionais. Os nomeados como fiscais não se desviam de seus ‘empregadores’. A ‘força’ dessas oligarquias tem entradas privilegiadas em todos os setores importantes – lembrar dos irmãos, maiores empreendedores, nomeando ministros indicados pelos seus ‘dedos’, segundo suas próprias delações. Essa obrigação de votar é como a lei do desarmamento. Os ‘vivos’ vivem armados, ao contrário dos cidadãos comuns. Essa choradeira toda dos oposicionistas, a maior traição do país, é o exemplo disso. Soma-se a estratégicos comportamentos das ‘bancadas’ no Congresso, verdadeiros grupos desinteressados no Brasil. O número de ‘partidos’ algemados aos já maiorais mostra a falta de seriedade no meio político, pois prova a ausência de fiscalização. Enfim, os ‘bagunceiros’ dirigem o país. A flecha tem que ser desviada aos bons nacionalistas."

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade