Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas FUTEBOL

Intervenções urgentes para o futuro do Atlético


postado em 04/03/2020 04:00



Reginaldo Tassara
Betim – MG

“Ao que tudo está indicando, o presidente Sette Câmara não estava sozinho quando decidiu pela demissão de toda a comissão técnica do Atlético. A 1h da manhã, no dia seguinte à eliminação pelo Afogados, o diretor Rui Costa dava entrevista, dando a entender que haveria continuidade de trabalho da equipe, liderada por ele e Dudamel. O diretor Domenico Bhering já havia falado com a diretoria por telefone e parecia não haver novidades. Às 2h, estavam todos demitidos. O que se sabe é que a MRV, que construirá nosso estádio, deseja que, tão logo a Arena esteja pronta, o Atlético deverá estar com um time de ponta, embalado. E não seria essa diretoria e essa equipe técnica que conseguiriam isso. O ano começou com boa expectativa de reformulação total do grupo de jogadores, mas o que se vê ainda hoje é a insistência com Víctor, Patric, Réver, Maidana, Fábio Santos, Zé Wellinson, Otero, Ricardo Oliveira, Di Santo. Reformulação tem que ser completa, ainda que alguns jovens precisem um pouco mais de tempo para se firmarem. Se ficarem indefinidamente na reserva de veteranos, não se firmarão. É um custo que teremos que pagar. O grupo, que provavelmente interveio nessa demissão drástica, precisa continuar agindo junto a diretoria, tomando medidas corajosas, enxugando o grupo de jogadores e descartando auxiliares técnicos que pouco acrescentam ao rendimento do time. Um exemplo: esse treinador de goleiros é intocável? O desempenho de Michael, nos 9 pênaltis contra o Afogados, foi ridículo. Até mesmo Víctor, antes de se contundir, vinha falhando muito. O Chiquinho precisa ser reavaliado! O Atlético precisa se profissionalizar pra valer! Não pode continuar em mãos de dirigentes que são grandes atleticanos, mas não têm competência para dirigi-lo. O ano acabou para nós já em fevereiro! Dramático! Um grande time precisa ser montado desde agora e só com dedicação, coragem e competência isso será possível

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade