Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas POLÍTICA

Leitor quer mudar regra de suplentes


postado em 21/12/2019 04:00

Hernani José de Castro
São Gonçalo do Rio Abaixo – MG

"A maioria das leis emanadas do Congresso são para proveito de seus membros. A categoria de suplentes é uma das formas para o toma lá dá cá. Lembremo-nos do senador Lobão colocando o filho como suplente. A pouca vergonha já era prometida. Iria para um dos ministérios com seu descendente assumindo a cadeira no Senado. Esse tal de suplente é uma vergonha, pois são empossados aqueles não eleitos. Recentemente, a Câmara Municipal de Uberlândia teve 20 de seus ocupantes indo parar na cadeia. Seus suplentes, nesse caso, apesar de não ter os votos necessários, pois não eleitos, assumirão essas 20 cadeiras. No entanto, tem mais. Se um suplente de determinado político, sendo esse afastado por algum crime, assumir o cargo, quem em sã consciência acreditará em suas atuações? O exemplo ratifica tal pensamento dessa troca, quando o ex-governador do Rio Sérgio Cabral patrocinou a vitória de seu substituto, Pezão, e, assim, deu no que deu. Cadeia para os dois. Os que forem afastados por sentenças, tornando-se réus, não deveriam ter suas cadeiras ocupadas pelos suplentes."

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade