Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas PODERES

Leitor quer mudar sistema político


postado em 20/12/2019 04:00



Múcio Batista de Souza
Belo Horizonte

"Dos três poderes que compõem a democracia no nosso querido Brasil, dois são dirigidos por líderes que, definitivamente, não dignificam seus cargos e, também, não têm qualquer apoio e a confiança dos brasileiros. Falamos do Poder Judiciário e do Poder Legislativo. A Câmara dos Deputados e o Senado Federal – que formam o Congresso Nacional, representando, respectivamente, o povo brasileiro e os estados da Federação – têm como presidentes duas figuras que, lamentavelmente, não inspiram um mínimo de confiança no povo. Como as demais centenas de parlamentares que os compõem, visam apenas às suas respectivas vantagens pessoais e não se preocupam com o progresso material e muito menos com o aprimoramento cultural da população. Somos um país sem memória. Não é necessário ter vivenciado os momentos em que JK, democraticamente, transferiu a faixa presidencial para Jânio Quadros. O país estava pronto para avançar, celeremente, rumo ao primeiríssimo mundo. Inicialmente, sem saber como agir, o 'ébrio' Jânio buscou irregularidades na atuação do governo anterior. Posteriormente, os governos militares, embora pródigos em algumas medidas em busca de avanços materiais, tiveram alguns fracassos que resultaram, adiante, na nossa materna e benéfica Constituição. Um segundo momento em que o Brasil teve tudo para  deslanchar foi após Itamar Franco acabar com uma inflação que chegou a 80% ao mês. Lamentavelmente, por ambições pessoais e falta de caráter de centenas de parlamentares, o sucessor de Itamar conseguiu aprovar uma emenda constitucional permitindo a reeleição de ocupantes de cargos nos poderes executivos, inclusive já se beneficiando dessa emenda. Deu no que deu, hoje! A partir do mandato deste senhor, a corrupção tornou-se fato corriqueiro no Brasil, já que a tal Constituição Cidadã não permite punir rapidamente os bandidos, que, principalmente a partir de 2003, praticaram corrupção descaradamente, apesar dos esforços dos honestos procuradores e juízes, que combatem tão bravamente, por intermédio da Lava-Jato, os corruptos que tanto desviam e desviaram recursos do povo brasileiro."

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade