Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas SUPREMO

Aos amigos, os favores da lei


postado em 13/11/2019 04:00

Humberto Schuwartz Soares
Vila Velha – ES

"Data vênia, senhores Dias Toffoli, Celso de Mello, Gilmar Mendes, 
Ricardo Lewandowski, Rosa Weber e Marco Aurélio Mello, vocês, que exigem ser tratados de Excelência, que consideram a Constituição a pedra fundamental que a todos envolve e não se presta a ideais partidários ou interesses particulares, acham que é inconstitucional a prisão após segunda instância, antes de esgotar todos os recursos, prestem atenção. Na mesma Constituição, que consta prisão só após o trânsito em julgado, nitidamente, sem dar margem a interpretação dúbia, também consta que 'todos são iguais perante a lei' e, inconstitucionalmente e sem nenhum amparo legal, aconteceu a simbólica prisão de Lula no spa de Curitiba, de onde saiu noivo, consumindo R$ 300 mil mensais, quando em uma penitenciária o gasto é de R$ 2 mil, numa transgressão constitucional agravada pelo fato de o Brasil, em crise, com 13 milhões de desempregados e o salário de mais de 50% dos empregados ser de R$ 998. Ficou claro que vocês, zeladores da Carta Magna, são seis fervorosos praticantes do velho adágio popular: 'Aos amigos, os favores da lei'."


Publicidade