Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas PRISÃO

Desilusão de leitor perante o Supremo

Humberto Schuwartz Soares


postado em 28/10/2019 04:00 / atualizado em 28/10/2019 11:22

"Quanto maior o número de instâncias, maior será a impunidade devido à morosidade da Justiça, viabilizando a prescrição, morte ou fuga. Tudo indica, na revisão do Supremo Tribunal Federal (STF) do cumprimento da pena após segunda instância, prisão só após esgotarem-se todos os recursos. Parece brincadeira de criança, num autêntico faz de conta, proibir prisão na primeira e na segunda instâncias, embora haja processo engavetado há mais de 50 anos. Para o Supremo, prisão só depois que esgotarem-se todos os recursos possíveis, como se a Justiça fosse ágil, eficiente e sem a montanha de processos mofando, quando a decisão mais simples ultrapassa um ano. Para os guardiões da Constituição, onde consta que todos são iguais perante a lei, privilégio e prioridade de furar fila, por serem mais iguais que os demais, só Lula e outros amigos da corte."

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade