UAI

Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Criatividade ajuda a manter saúde mental


17/10/2021 04:00

Ângela Mathylde
Psicopedagoga e neurocientista

O Dia Mundial da Saúde Mental, celebrado em 10 de outubro, chama a atenção para os cuidados para uma parte fundamental do corpo que fica desleixada. O momento de pandemia requer demonstrar a importância de ações para minimizar as doenças mentais e observar algumas dicas importantes.

Em dezembro de 2019, surgiram os primeiros casos do novo coronavírus e, desde então, a população mundial enfrenta diversos desafios. A paralisação das aulas, a perda de emprego, a superlotação dos postos de atendimento e o isolamento social são fatores que contribuíram para o aumento da depressão e da ansiedade.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) já apontava o Brasil como o país mais ansioso antes da crise sanitária. Um outro estudo, realizado entre maio e julho de 2020 pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), apontou que 80% da população brasileira se tornou mais ansiosa.

De um modo geral, as consequências da pandemia foram avassaladoras para as condições da saúde mental, até mesmo pela perda de entes queridos. Muitos desafios surgiram e, forçosamente, foi preciso se adaptar a um novo cotidiano em que a maioria das pessoas não estava preparada.

Apesar do avanço da vacina e, mesmo seguindo todos os protocolos de saúde exigidos pela OMS e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ainda segue a pandemia. Porém, já se pode pensar em algumas ações para enfrentar os estragos gerados.

Muitas pessoas tiveram a sensação de perda do controle de sua própria vida. A busca por basear as escolhas em fontes confiáveis e informações corretas ajuda. É preciso entender que podem existir situações que não estarão sob controle.

A realização de atividades que proporcionem bem-estar e estimulem a criatividade também são boas opções práticas para manter uma boa saúde mental: entender o que está sob controle; criar maneiras de se reinventar; e procurar ajuda com um especialista.

É possível, por exemplo, aprender uma nova receita, descobrir algum talento, desenvolver um hobby, escrever ou até mesmo praticar a leitura. Existem diversas possibilidades para aproveitar melhor o tempo e refletir sobre novas atividades que lhe tragam satisfação.

A criatividade pode ser considerada uma importante aliada na manutenção da saúde mental, auxiliando em três fatores fundamentais nesse processo: o primeiro está relacionado ao nível pessoal, que permite que as pessoas se conheçam melhor e desenvolvam habilidades; a segunda diz respeito às relações interpessoais, voltadas para o convívio com familiares; já a terceira auxilia as relações sociais.

Passar mais tempo com os familiares contribui para a compreensão das emoções e descobertas de características positivas de si mesmo e da criatividade que existe em todos. É preciso tentar se reinventar e não deixar de procurar a ajuda de um especialista para acompanhamento e esclarecimento de possíveis dúvidas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade