Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Registros de uma quarentena


postado em 30/05/2020 04:00

Marília Paiva
Presidente do Conselho Regional de 
Biblioteconomia – 6ª Região (MG e ES) 
 
 "Essa coisa de presenciar momentos históricos é muito cansativa." O meme está sendo compartilhado largamente pela internet e resume o desafio do momento atual, cuja experiência é muito complicada. Contar essa história não será uma tarefa fácil, com a proliferação de fontes e dados, muitas vezes, incoerentes. É por isso que bibliotecários, professores, pesquisadores e profissionais da informação já atuam na verificação, seleção e registro de dados e relatos sobre a pandemia. É imprescindível preservar esses registros para garantir que as gerações futuras entendam o que aconteceu com o mundo e o que a COVID-19 significou em aspectos sociais, econômicos, educacionais e científicos. 
 Os esforços para registro já estão sendo feitos por algumas entidades, pelo mundo. A Universidade de Cambridge e o UK Web Archiving Consortium se juntaram para arquivar sites britânicos, selecionando notícias, reportagens, estudos e pesquisas. As bibliotecas virtuais da área de saúde capturam, descrevem e arquivam os relatórios e artigos científicos publicados diariamente. As bibliotecas mantêm seus catálogos atualizados na área legislativa, gerando acesso a documentos integrais de leis e documentos infralegais que contam a história das decisões tomadas pelo poder público.
 
    Mas.... e os relatos pessoais? Quem guardará os depoimentos sensíveis de profissionais de saúde à beira do caos? E de pessoas comuns, tentando sobreviver dignamente durante este período inacreditável? O ambiente on-line se tornou um meio para comunicação pessoal com amigos, familiares e o mundo durante o isolamento social. Anônimos e celebridades transformaram as redes sociais em uma espécie de diário da quarentena, contando suas experiências, percepções e sentimentos.
 
As tecnologias de informação e comunicação permitem o registro de relatos de pessoas de diversas partes no mundo, como do brasileiro Alefy Rodrigues, que viveu a quarentena na China, confinado na universidade em que estudava, e compartilhou a experiência com o mundo. Depois que retornou ao Brasil, ele passou a viver o confinamento novamente, dessa vez em solo brasileiro. Com o compartilhamento de sua perspectiva, temos a visão de uma pessoa que vivenciou a pandemia em dois países completamente diferentes.
 
Uma biblioteca pública em Belmont, Califórnia, criou um diário de quarentena on-line, que permite que membros da comunidade registrem suas vivências durante a pandemia, desde acontecimentos pequenos até uma visão geral da experiência. O projeto permite anexar vídeos, fotos e textos e todo o acervo será tratado para ajudar a contar a história daquela comunidade durante este período. A biblioteca garantirá a salvaguarda de todo esse acervo para as gerações futuras.
 
 A grande quantidade de dados e registros pode ser uma importante vantagem em relação a épocas mais remotas. A pandemia da gripe espanhola em 1918, por exemplo, aconteceu em um mundo menos globalizado e não informatizado, em que as notícias não eram tão ágeis. Hoje, é possível alcançar conhecimento e armazená-lo muito mais rapidamente e com maior precisão, mas também é mais fácil forjar fontes falsas e disseminar a desinformação.
 
 Do ponto de vista dos registros, é necessário que instituições, como as bibliotecas e arquivos, possam selecionar, descrever, preservar para nosso tempo e para o futuro todos aqueles registros, das mais avançadas pesquisas médicas até sinceros relatos de pessoas comuns. O trabalho documental é árduo, mas essencial para que as gerações futuras conheçam e possam aprender com as experiências, a ciência, a arte e as reflexões que estamos fazendo hoje. 

receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade