Continue lendo os seus conteúdos favoritos.
Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 10/09/2019 04:00

PRESERVAÇÃO
Acorda Brasil, vamos 
zelar pela Amazônia                                           

Humberto Schuwartz Soares
Vila Velha–ES

"Sejamos inteligentes. Vamos preservar a nossa rica essência e aproveitar a evidência mundial dada à nossa Amazônia por causa dos incêndios. O turismo amazônico, praticamente inexistente, é um filão inigualável àqueles que enaltecem a natureza. Acorda Brasil. Valorize e desfrute da riqueza ambiental 
invejada por todos, mas só nós temos."

FUTEBOL
O Atlético monta 
time só de participação

Ivan Silva
Itabira–MG

"Não tem como pagar ingresso para ver o time titular do Atlético-MG 
e, também, o time alternativo, até 2022, quando o estádio estiver pronto no Bairro Califórnia e todo atual elenco não estiver vestindo a 
camisa do Galo e esse aprendiz de técnico, à beira do campo, estiver longe. Time de covardes que têm compromisso só com o bolso. Jogam feijão com arroz, sabendo que não tem cobrança da imprensa, que fica em cima do muro, e da diretoria. Esperar o quê de uma equipe que disputa 12 pontos e perde os 12. Todo ano é a mesma lorota. Não monta um time para ganhar o Brasileiro, só para participar."

CRUZEIRO

Torcedor se revolta
com atuação do time 

José Dias Sobrinho
Serenata Timóteo–MG 

"Não era o Mano Menezes. Não será o Rogério Ceni. Serão sempre os 
atletas. O Cruzeiro não fez o jogo da vida contra o Internacional. Uma equipe com muitas conquistas, duas Libertadores, duas Supercopas, quatro Campeonatos Brasileiro e seis Copas do Brasil. O fato é que esses atletas estão juntos há três anos ou mais. Envelheceram e perderam velocidade. E ainda freiam antes, bem antes do necessário. É como ensinar o truque novo para cachorro velho. Não adianta. Talvez manter aí uns seis atletas dos atuais, buscar energia no sub 20, ou 23. Na série B tem atletas voando baixo. Faltam-lhes oportunidade. Baixar a folha de pagamento para uns R$ 6 milhões por mês, se não a bandeira Cruzeiro irá junto com o vento. 
Para o futebol brasileiro seria uma fatalidade."
 
MEDIOCRIDADE 
Leitor teme por caos 
em trânsito de BH

Luciano Leal 
Belo Horizonte

"O trânsito em BH continua caótico e, se não forem tomadas imediatas providências, daqui a poucos anos não poderemos circular com nossos veículos na capital. Pintar asfalto e instalar semáforos não resolvem os problemas, que poderia ser resolvido, em parte, com a construção de trincheiras, viadutos e outras obras. Vejam o exemplo da Avenida Antônio Carlos e o novo acesso ao Aeroporto de Confins, beneficiados quando ocorreram a Copa do Mundo e a Olimpíada. Uma opinião para solução parcial do problema seria a construção de apenas duas trincheiras, uma na Avenida do 
Contorno com Amazonas e outra na Afonso Pena com Contorno, próximo a Praça Milton Campos. A topografia dos dois cruzamentos ajudariam na execução das mesmas, ambas localizadas em áreas de densas populações. O acesso aos  inúmeros bairros das duas regiões e de quase toda toda Zona Sul seria bem-vindo. Iriam questionar: 'E recursos para a construção das mesmas'? Responderia que não é problema meu, estou apenas sugerindo. Nossa bancada de deputados em Brasília é deveras inoperante e eles devem estar preocupados somente com as mordomias. A Câmara dos atuais vereadores, por sua vez, além de medíocre, vive de trapaças 
que não se justificam."


Publicidade