Publicidade

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 27/08/2019 04:00 / atualizado em 26/08/2019 19:32

Cartas à redação

DELAÇÕES
No Brasil, o
crime compensa 

Humberto Schuwartz Soares
Vila Velha – ES

"A Procuradoria da República (PGR) e o Supremo Tribunal Federal (STF) desconsideram muitas das delações colhidas pela Operação Lava-Jato. Claras evidências nas delações da Odebrecht comprometem políticos com foro especial, mas são arquivadas por falta de comprovação. Nos processos do Judiciário e da Polícia Federal não há recibo dos denunciados para confirmar a corrupção. Daí a PGR e o STF inocentam os delatados. Corrupção deixa rastros, porém, recibos, nunca. Ainda há quem acredita que o 'crime não compensa'."

RECADO
Cidadão faz alerta ao 
presidente Bolsonaro

Aloísio Caixeta
Belo Horizonte

"Presidente Bolsonaro, votamos no senhor por acreditar nas suas  propostas de mudanças para o nosso país. E continuo acreditando. Mas o senhor não está autorizado a desautorizar o ministro Sérgio Moro. E como o senhor mesmo diz, ponto final."


FUTEBOL
Atleticano insatisfeito com 
campanha no Brasileirão

Ivan Silva 
Itabira – MG

"Se o Atlético-MG tivesse uma diretoria e um treinador que pensassem grande, estaria, hoje, com os mesmos 33 pontos do primeiro colocado. Fica escalando um time alternativo, com jogadores ganhando excelentes salários e praticando futebol de time de 4ª Divisão. Por isso vão continuar descendo ladeira abaixo. Pelo amor de Deus, chega de contratar promessas. Contratem, sim, jogadores que chegam e dão conta do recado, como o elenco de 2013 e de 2014. Os salários desses jogadores do time alternativo dá para contratar dois centroavantes e resolver o problema da falta de gols."


BRASIL
País tem mais maus 
do que bons políticos 

Hernani José de Castro
São Gonçalo do Rio Abaixo – MG  

"O que estão tentando fazer com nosso querido Brasil é coisa de louco. Verdadeiros traidores da pátria. Mataram a 'vítima' e, não contentes, agora, querem decapitá-la. Um jogador de futebol, por exemplo, não é expulso pelo árbitro à toa. Simplesmente, o atleta se expulsa após cometer uma infração contrária ao esporte. Assim, deveriam criar um mecanismo similar ao sistema VAR e, através deste, alijar os 'políticos' escandalosos em termos de maus comportamentos. Portanto, não omitindo os que conspiram em outros setores, pois o Brasil não está nessa nefasta condição econômica apenas pelo comportamento de quem se traveste como 'político'. Infelizmente, o número desses maus 'atores' não é pequeno."

LEITORES

EM.COM

Macron lamenta declarações de Bolsonaro e espera que Brasil tenha ''um presidente que se comporte À altura"
"Bolsonaro saiu mais forte em toda crise formulada pela esquerda... Eles estão ajudando a reeleger o cara!"
 Marcus Paulo

"Melhor um ignorante do que um corrupto."
 Wilson Souza Ramos

"Macron, você tem muito problema aí na França para cuidar. Não use esse tema para fazer política suja!"
Stephane Bernardes

"Esse presidente não representa o povo brasileiro."
Lúcio Lima

FACEBOOK

PBH instala pedras sob viadutos para evitar fogueiras em pilares
"Essa desculpa esfarrapada é nova. Isso é pra tirar alguns dos únicos momentos de teto de quem não tem..."
Biz Pablo

"É para impedir que os moradores de rua durmam nesses locais."
Falcão RC

"Belo Horizonte, como outras grandes cidades brasileiras, 
paga o alto preço por outras prefeituras serem incapazes 
de gerir projetos para saúde e bem-estar social de seus cidadãos. Não concordo em muita coisa da atual gestão, mas isso do viaduto devo concordar."
Jairo Haytnvets

G7 vai desbloquear ajuda de emergência de US$ 20 milhões para A Amazônia
"Precisam fiscalizar, antes que a corrupção acabe com tudo..."
 Daniel Marques

"Pena que o dinheiro nunca vai chegar na Amazônia."
Gilce Durão Pereira

"Vão falar que as ONGs desviaram o dinheiro."
Poli Silva
 
Câmeras podem ajudar a localizar pessoa que abandonou bebê em lixeira de BH

Deveriam ter identificado o problema antes de ter acontecido e deveriam ter acolhido essa vida q nos poucos instantes q passou pela terra sofreu tanto.
 Tereza Costa 


Publicidade