Publicidade

Estado de Minas

Espaço do leitor


postado em 24/07/2019 04:08

DESENVOLVIMENTO
Crítica à atuação
dos políticos

Mário A. Dente
São Paulo

"Não conseguimos sair da Idade Média, graças ao atraso dos nossos estudantes, por falta de professores qualificados e dirigentes dos três poderes, sempre incapazes e inaptos. As empresas brasileiras continuam produzindo só produtos agrícolas e minerais, e nada de tecnologia. Não há fábricas genuinamente brasileiras de produtos tecnológicos como carros, computadores, telefones celulares etc. Se criássemos esse tipo de fábrica, acabaríamos com o desemprego e aumentaríamos nosso desenvolvimento, como fez a Coreia do Sul, pagando cursos aos seus estudantes mais desenvolvidos nas melhores universidades do mundo. Quando chegará o desenvolvimento dos políticos dos três 'poderes' que só fazem burrice?"
 
AMAZÔNIA
Presidente nega
agressão ambiental

Humberto Schuwartz Soares
Vila Velha – ES

"Nos quatro cantos do nosso planeta, fenômenos naturais, de forma devastadora, acontecem com maior frequência e mais graves. O bicho homem, tido como racional, mas, de forma irracional, é o causador da destruição por não zelar pelo que nos resta de recursos naturais. A natureza reage a tamanha agressão com ciclones e enchentes, porém, esse bicho ainda não entendeu o recado e põe em risco sua própria sobrevivência e a exuberante floresta da Amazônia brasileira, a mais importante reserva na face da Terra. A cada ano, numa velocidade assustadora, ela é dizimada. Órgão pesquisador como o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulga, regularmente, o tamanho da destruição florestal, mas o presidente Jair Bolsonaro, sem conhecimento da triste realidade, em sua fala pública, contestou a devastação. Procedendo assim, os atuais terráqueos comprometem, também, a sobrevivência das futuras gerações." 

ALIMENTOS
Leitor ironiza fala
de Bolsonaro

Jeovah Ferreira
Brasília

"Relatório das Nações Unidas (ONU) revela que uma pessoa a cada 10, na população de todo o planeta, passou fome no ano passado, cerca de 821,6 milhões de pessoas. Fiquei feliz quando tomei conhecimento de que no Brasil a fome foi erradicada. Tem comida para todos os brasileiros. Alguém mentiu quando espalhou que nosso país ainda tem cerca de 7 milhões de estômagos que roncam por falta de alimentação. Que bom poder dizer que o Brasil está com as panelas cheias. Estou confiando na palavra daquele que jogou no ar a notícia. Em minhas orações, não direi mais: 'Senhor, veja com os nossos irmãos que passam fome no Brasil'. Como num passe de mágica, a miséria virou fartura, aqueles que estavam magros agora excedem na gordura. Quem não faz atividade física, introduzir na vida a prática de uma simples caminhada pode evitar uma bariátrica."

STF
Ministro do Supremo
suspende investigação 

Wandir Pinto
Belo Horizonte

"Entre os anos de 1990 e 1996, houve, na Itália, uma operação contra a corrupção conhecida  como 'Mãos Limpas', realizando uma faxina nos meios político, empresariais e nos mafiosos. Centenas foram processados, punidos e excluídos da vida pública, o que bastou para a classe dos políticos promover alterações na legislação pertinente, buscando neutralizar os efeitos da citada operação e provocando o fim de sua ação saneadora. A Operação Lava-Jato, desencadeada no Brasil com o mesmo objetivo, tem conseguido desbaratar um esquema de corrupção político-empresarial jamais visto em nosso país e um dos maiores do mundo, conseguindo até mesmo julgar e condenar um ex-presidente da República. Apesar do êxito de suas atividades, a operação vem sofrendo, constantemente, pressões de dentro do Legislativo, sofrendo, ainda, restrições em sua conduta por interpretações ideológicas de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), com destaque para a recente decisão monocrática de seu presidente, ministro Dias Toffoli, mandando suspender investigação de suspeita de lavagem de dinheiro pelo senador Flávio Bolsonaro, com efeito cascata atingindo tais investigações em todas as instâncias da Justiça, enfatizando as que estão em andamento na Lava-Jato."

EM.COM.BR

Vídeo: Ministro da Educação bate-boca com índios e jovens no Pará
"O cara foi nomeado em abril e já está de férias?"
• Fred

"Sete meses de governo e vários ministros já curtindo férias. Não íamos acabar com as mordomias?"
• Laércio Alves

"Quem planta vento colhe tempestade. A tendência é que, em pouco tempo, membros do 'novo' governo passarão a ser abordados como os lulopetistas foram."
• Gerson Silva 

Preferidas dos mineiros, praias de Cabo Frio e Guarapari são engolidas por ressaca
"A ocupação urbana em Meaípe/Guarapari é uma das coisas mais absurdas que já vi. O local é uma enseada que, em tese, seria tranquila se não tivessem retirado boa parte da areia que havia lá e construído próximo ao mar."
• Gustavo

"A natureza jamais perdoa."
• Carlos Antunes

"Isso é um plano dos mineiros. O mar vai avançar até chegar em Minas!"
• Washington Santos


FACEBOOK

Paulo Guedes teve celular hackeado, diz assessoria
"Traduzindo: ele pode ter sido procurado pela reportagem de denúncia, pois suas conversas serão vazadas em breve. De antemão, ele já avisa que foi hackeado e alegará não reconhecer o conteúdo das falas."
• Raquel Alvarez

"Agora vai ser assim: todo mundo que tem alguma coisa 'suspeita' no celular vai dizer que foi hackeado..."
• Carlos Henrique Costa

"Cadê o setor de inteligência da Polícia Federal?"
• Pedro Beraldo




Publicidade